Connect with us

Games

Sundered | “Prepare-se para morrer, inúmeras vezes”

Bernardo Rosenblatt

Published

on

 

RESUMO: Sundered é um jogo estilo Replayed Metroidvania com toques de horror produzido pela Thunder Lotus -a mesma do elogiadíssimo Jotun- todo desenhado a mão. Tem um um ar ao mesmo tempo belo e macabro.

Na trama você joga com Eshe,uma andarilha que luta pela sua própria sobrevivência e sanidadeconforme você avança, consegue habilidades que aumentam bastante o seu poder, e relíquias corrompidas dão um poder que auxiliam de forma única  contra os chefes do jogo, porém ao custo da humanidade da personagem Eshe, que pode escolher entre usá-las ou não.

No jogo você irá morrer muitas e muitas vezes, porém diferente de jogos da saga Souls por exemplo, a morte não é punitiva, ela é necessária, pois a cada morte você pode melhorar um pouco mais sua personagem e na próxima tentativa, talvez, ir um pouco mais longe.

Conforme você avança e desbloqueia habilidades, o jogo vai se tornando bem mais interessante; o início é extremamente lento e monótono, onde você enfrenta os mesmos inimigos inúmeras vezes apenas para conseguir avançar algumas salas na trama.

O game consiste em um mapa de bom tamanho, com várias salas, onde para entrar muitas vezes você precisa de um poder ou item, além de muitas batalhas com inimigos bem repetitivos no princípio; porém no decorrer do jogo vão surgindo cada vez mais ameaças diferentes e desafiadoras. É o típico jogo que pode desestimular alguns jogadores no começo, mas se der uma chance e persistir será recompensado com algumas batalhas épicas contra chefes absurdos, como o estúdio já havia mostrado que sabia fazer no jogo anterior. Logo não desista e você terá sua recompensa.

O jogo duran dependendo das suas habilidades e persistência, uma média de 10 horas, possui múltiplos finais, o que estende consideravelmente o gameplay. A trilha sonora é muito boa, dando o clima certo para o jogo,  mas sem comprometer querendo se sobressair; os efeitos sonoros são ótimos, dando ao jogo um certo toque de obra de arte, ao juntar os belos gráficos a mão e os efeitos sonoros.

 

O ponto mais fraco fica para um dos fatores mais cruciais; a trama do jogo é bem rasa no começo, com apenas uma voz-deus que lhe guia pelo labirinto dando poucas informações, você não sabe quem você é, que mundo é esse, por que está lutando, tudo apenas vai acontecendo e somente mais para frente você tem uma real noção da história, como no início essas interações são raras, muitos jogadores podem desistir por não entender o que ocorre no jogo. A vantagem é ter legenda em português do Brasil, logo quem não entende inglês não terá problema para compreender.

Talvez se houvesse mais diálogos e uma cut-scene da personagem principal explicando um pouco mais seu passado e objetivos logo de cara, isso fosse resolvido, dando a tudo uma profundidade maior, porém após terminar o jogo, já se tem uma boa ideia de todo o contexto; com os múltiplos finais isso dá ainda mais conteúdo, porém é uma pena demorar tanto para acontecer.

ANÁLISE FINAL: Sundered é um bom jogo, porém não é para todos. Se você não curte jogos com começos lentos, muitas mortes, batalhas difíceis, além de uma certa estratégia em conseguir os objetivos do jogo, seja nas batalhas, em se guiar pelo mapa, ou em escolher as habilidades que você precisa, esse jogo com certeza não seria o ideal para você, agora se você é fã dos jogos old-school de consoles como NES, SNES e não larga nenhum jogo até terminá-lo por completo para ter aquele gosto especial, Sundered com certeza foi feito sob medida para você.

Sundered está disponível para PC e PS4.

Escritor, poeta, jornalista, publicou o livro "Do outro lado" aos 21 anos, hoje pensa em lançar mais livros enquanto joga games, assiste filmes e pede uma pizza

Advertisement
Comments

Games

Bioshock: Novo jogo da franquia é anunciado

Novo game da franquia Bioshock deve chegar para a próxima geração de consoles

Rebeca Pinho

Published

on

A 2K Games anunciou nesta segunda-feira (9) que um novo game da franquia Bioshock está em desenvolvimento.

O game é de responsabilidade do novo estúdio Cloud Chamber recentemente inaugurado, e com locações em Novato, na California, e Montreal, em Quebec. O estúdio tem liderança de Kelley Gilmore, que teve participações em títulos como: Sid Meier’s Civilization XCOM.

A equipe de criação do título não conta com Ken Levine, diretor criativo franquia, no entanto nomes como Hoagy de la Plante direção criativa, Scott Sinclar diretor de arte, ambos com participações nos títulos anteriores, integram a equipe do estúdio Cloud.

Veja também: The game awards acontece já na próxima quinta-feira

Em entrevista recente ao IGN Gilmore, nos contou que o game está em um processo inicial de desenvolvimento. Ainda não temos muitos detalhes, não sabemos se o game é de fato, uma continuação ou um reboot.

Um novo Bioshock é uma realidade, no entanto teremos que aguarda um pouquinho, a companhia afirma que o processo de criação deve durar “pelos próximos anos”. Uma data de lançamento ou eventuais plataformas, passaram longe de ser divulgadas.

Um novo jogo da franquia Bioshock chega para a próxima geração de consoles

Continue Reading

Games

BrTT está de volta na Pain

O Sonho da Line Up 2015 volta a brilhar com BrTT oficialmente de volta

André Gimenes

Published

on

Felipe “BrTT” Gonçalves está oficialmente de volta na Pain e acaba de anunciar isso em seu Twitter Confira:

É um anuncio gigantesco para a Pain, e para os amantes da Pain 2015 com BrTT e Kami de volta, faz com que os torcedores criem grandes expectativas para 2020!

Continue Reading

Games

Jogo I Am Jesus Christ permite que você realize milagres como Jesus

Edi

Published

on

By

Há um novo jogo anunciado recentemente chamado I Am Jesus Christ, um jogo que promete aos jogadores a chance de jogar como Jesus e realizar milagres para os necessitados. Os jogadores o controlarão de acordo com a descrição do jogo, e seguirão uma história inspirada nos eventos do Novo Testamento. Começa com o batismo de Jesus e vai até a ressurreição da figura religiosa.

Ele foi desenvolvido pela SimulaM, um desenvolvedor aparentemente desconhecido, considerando que este é o único jogo no Steam no momento, e é publicado pela PlayWay, que é um nome com o qual as pessoas podem estar mais familiarizadas. A PlayWay tem um grande catálogo de jogos que são publicados como Deadliest Catch: The Game, House Flipper e outras experiências de simulação.

Mas, embora a PlayWay tenha feito a simulação muitas vezes, I Am Jesus Christ parece ter chamado a atenção das pessoas on-line mais do que os outros jogos da empresa. Parte disso, sem dúvida, será por causa da indignação em dar aos jogadores a chance de jogar como o próprio Jesus, mas alguns possíveis jogadores parecem intrigados com a oportunidade de “lutar com Satanás no deserto” e realizar outros milagres, conforme o jogo promete que os jogadores irão.

“Verifique se você pode realizar todos os milagres famosos da Bíblia como Jesus Cristo”, diz a descrição do jogo. “É um jogo de simulação e você pode tentar salvar o mundo como Ele fez. Você está pronto para lutar com Satanás no deserto, exorcizando demônios e curando pessoas doentes? Ou acalmar a tempestade no mar?

I Am Jesus Christ ainda não tem uma data de lançamento, mas diz-se que em breve estará disponível no Steam.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido