Connect with us

Tempo

Tudo, ou quase isso, que você precisa saber sobre o Homem de Ferro – PARTE 1

Avatar

Published

on

Tony Stark apareceu pela primeira vez na edição 39 de Tales of Suspense em 1963 e foi criado por Stan Lee, Larry Lieber, Don Heck e Jack Kirby. O personagem foi baseado na vida do rico e bem sucedido playboy Howard Hughes que foi um aviador, engenheiro aeronáutico, industrial, produtor de cinema, diretor cinematográfico e um dos homens mais ricos do mundo. Ficou famoso ao quebrar o recorde mundial de velocidade em um avião e também por construir aviões, produzir o filme Hell’s Angels e por se tornar dono de uma das maiores empresas aéreas norte-americana, a TWA,
Na década de 1960, quando o Homem de Ferro foi criado, a ameaça do comunismo da URSS era enorme, junto da Guerra Fria. Isso fez com que o Homem de Ferro lutasse contra comunistas e capangas do Bloco Oriental para enviar a mensagem de que grandes coisas poderiam ser alcançadas através de trabalho duro e redenção, mostrando assim que o capitalismo era superior ao comunismo. Ou seja, podemos muito bem dizer que o Homem de Ferro simbolizava a meritocracia do capitalismo.

Iron_Man_is_Born

E tendo em vista isso, como não falar um pouco mais de seus vilões?

Criado em 1964, Eugene Gene Sing Chen Khan, também conhecido como Mandarim. É o maior inimigo do Homem de Ferro. Seus poderes são de natureza mágica. Sua maior arma são os dez anéis. Assim como o Dínamo Escarlate e muitos outros, ele representa o maior inimigo americano da época, o comunismo.

Em 1949 Mao Tsé-Tung cria a República Popular da China. Com um ato revolucionário comunista. O Estados Unidos capitalista estava ameaçado com o fantasma vermelho. E consequentemente com isso, a cultura pop absorveu toda essa paranoia da guerra fria. Assim, Stan Lee e Don Heck criaram o maior nêmesis do vingador dourado. Um vilão baseado na figura do líder chinês que imperava na época. Anos se passaram e de ditador lunático, Mandarim passou a uma espécie de rei do crime asiático. Seus anéis deixaram de ser mágicos para se tornar tecnologia alienígena. Mas a forte simbologia do personagem não perdeu força.

mandas1

Anton Vankon, também conhecido como Dínamo Escarlate, foi criado por Stan Lee e Don Heck na Tales of Suspence numero 46 de 1963. O primeiro de muitos a usar o manto de Dínamo Escarlate. Sendo inimigo recorrente de Tony Stark, sua origem é soviética. Em suas primeiras participações ele tinha como objetivo derrotar seu semelhante americano e assim provar que a tecnologia soviética era superior. Esse vilão simbolizava o maior inimigo dos Estados Unidos durante a guerra fria, a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. Caso isso não ficasse explícito o suficiente, a cor vermelha simbolizava o movimento inciado por Marx e Engels.

9d64175ea4b94b88e6350e66dd5989a1

Fin Fanf Foom, embora outrora acreditava-se que ele fosse um nativo do vale do dragão adormecido na China, é um alienígena tendo vindo do planeta Kakaranathara no sistema Maklu da grande Nuvem Magelânica. Foom e vários outros membros de sua raça originalmente abandonaram seu pacífico planeta no intuito de conquistar outros planetas. Os dragões alienígenas pousaram em terra na antiga China e usaram sua transmutação de forma natural para imitar a forma humana, na intenção de se inserir e estudar a espécie humana antes de iniciar sua conquista.

images

Nem só de inimigos comunistas o Ferroso viveu, tendo em vista sua preocupação com a tecnologia empregada em suas armaduras, e o roubo dessas informações que poderiam ser usadas para usos malévolos, temos aqui Obadiah Stane, ou melhor dizendo, Monge de Ferro. Obadiah Stane sempre foi um garoto cruel, sempre estudando as fraquezas de seus adversários e sobre como derrotá-los. Stane sempre gostou de xadrez, baseando sua vida nas regras do jogo. Isto moldaria o seu futuro caráter. Anos depois, formou sua própria empresa de tecnologia, que depois fez sociedade com as Indústrias Stark. Após conflitos, os dois rompem sua sociedade, mas Stane, inconformado com o acontecimento, rouba a tecnologia usada na armadura de Stark e constrói sua própria armadura, que usaria para cometer crimes sob a alcunha de Monge de Ferro. Vale lembrar que Obadiah foi muito bem adaptado na película Homem de Ferro de 2008 pela Marvel Studios.

download (1)

Como nem todo mundo sabe, nosso amigo Ferroso ficou conhecido, principalmente pelos leitores da Marvel Comics, por causa de seus dilemas e problemas pessoais, mas vocês caros leitores, conhecem algumas das principais histórias de Tony? Não?! Então senta aí que lá vem leitura!

 

Principais arcos:

 DEMÔNIO NA GARRAFA

Até 1979, Tony Stark não era um herói muito popular. Ele tinha seu público, mas não se equiparava aos figurões como Homem-Aranha e os X-men. Foi graças a esse arco que o Homem de ferro se tornou relevante.

David Micheline e Bob Layton haviam acabado de assumir o título do Homem de Ferro. Ambos decidiram introduzir um inimigo novo ao Stark, um inimigo que nem a mais poderosa das armaduras conseguira combater, o Alcoolismo. Afinal, em todos os números Tony aparecia degustando um Martíni, ou um copo de uísque. Algo que começou como um charme do personagem, algo para aliviar a rotina de super herói, empresário, bilionário, gênio, playboy, filantropo… acabou o levando ao fundo do poço.

M40anos070

 

GUERRA DAS ARMADURAS

Após nove anos no comando da revista do Homem de Ferro, a dupla David Micheline e Bob Layton, escreveram outro clássico: A Guerra das Armaduras. O enredo dessa história foca num Tony Stark preocupado com o uso que suas invenções estão tendo. Não só pelos vilões, como por órgãos como a S.H.I.E.L.D, levando Tony a caçar e destruir todas as armaduras criadas por ele. Esse história mostra Tony refletindo sobre seu papel na comunidade e se o Homem de Ferro e suas armaduras trazem mais benefícios ou malefícios a sociedade. Temos também um conflito de ideais entre o Vingador dourado e o Capitão América, algo que seria reutilizado anos depois no arco Guerra Civil de 2006.

538bafc76d4e8

 

EXTREMIS

Em 2005 o grande escritor Warren Ellis, aliado ao excelente Adri Agnov nas ilustrações, tinham como objetivo trazer ao invencível Homem de Ferro uma roupagem condizente para os dias atuais. Eles não só trouxeram a origem do Homem de Ferro da guerra do Vietnã para o Afeganistão, como colocaram um novo obstáculo intransponível para o Stark.

Stark chegou a conclusão que para derrotar uma nova ameaça terrorista, suas armaduras não eram o suficiente. Que ele precisava ser o Homem de Ferro por dentro e por fora. Aí entra a nanotecnologia conhecida como Extremis que dá nome a história. O excelente roteiro de Ellis e as maravilhosas pinturas digitais de Agnov, deram a esse arco a origem definitiva do homem de ferro.

hf-extremis-panini

Gostaram? Espero que sim! Fiquem ligados para a parte 2, onde iremos trazer as principais armaduras do Ferroso!

– Texto e pesquisas feitos sob ajuda de Bruno Borges, amigo, degustador de cerveja, colecionador e leitor assíduo de quadrinhos em geral.

Revisado por: Bruna Vieira.

Prazer, Diego. Sou, apreciador de uma boa cerveja, eletricista em horário comercial e salvo o mundo como Calvo Vigilante depois das 20hrs. Vamos desbravar a nona arte juntos?

Advertisement
Comments

cinema

Ezra Miller enforca mulher na Islândia

Avatar

Published

on

By

Ezra Miller parece ter sufocado uma mulher em um bar em Reykjavik, na Islândia, em um vídeo que apareceu online no domingo à noite.

Apesar da confusão on-line sobre se o vídeo era uma piada – com memes já surgindo no Twitter, onde o nome de Miller tem tendência -, uma fonte do estabelecimento, Prikið Kaffihús, confirmou à Variety que essa foi uma grave briga no bar e que o homem, que eles identificam como Miller, foi escoltado para fora das instalações.

O vídeo de sete segundos mostra um homem dizendo: “Você quer brigar? É isso que você quer fazer? para uma jovem, que parece estar brincando se preparando para uma briga e está sorrindo.

Miller então agarra a garota pela garganta e a joga no chão. Nesse ponto, a pessoa que filma diz: “Uau, mano. Bro ”e para de filmar, com as filmagens terminando abruptamente.

A Variety  confirmou que o incidente ocorreu por volta das 18h de 1º de abril no Prikið Kaffihús, um bar moderno no centro de Reykjavik que Miller freqüenta quando está na cidade.

Não houve incidentes anteriores envolvendo o ator, que desempenha um papel fundamental na franquia “Animais Fantásticos” e deve interpretar Barry Allen na versão cinematográfica de ” The Flash “, da DC Comics .

Continue Reading

Anime

Bleach terá seu último arco adaptado para anime junto com seu spin-off “Burn The Witch”

Mai Inoue

Published

on

Em 2012, “Bleach“, que foi um dos grandes nomes da Shonen Jump e concorria com One Piece e Naruto na televisão japonesa, nos deixou prematuramente bem antes do final do mangá. Depois do arco “Fullbring” a animação foi cancelada, deixando centenas de milhares de fãs pelo mundo todo inconsoláveis, seguindo apenas com a publicação em mangá. Os quadrinhos chegaram ao fim em 2016, com um final que não agradou muitos. O autor Tite Kubo continuou seu trabalho de mangaká, publicando uma série spin-off intitulada de “Burn The Witch“, que em breve também será adaptada para anime ainda esse ano.

Porém, 2020 foi ano do 20º aniversário da série, trazendo várias comemorações e uma notícia inesperada: a volta da série animada. Vamos poder acompanhar o último arco, “Thousand-Year Blood War“, totalmente animado com previsão para 2021. O arco vai do capítulo 480 até o último de número 686 no mangá.

Anúncios do projeto de aniversário de 20 anos de Bleach, publicados pela Weekly Shonen Jump

O anúncio desse arco animado desperta a esperança de mudanças em alguns aspectos do final do mangá que não agradou muitos fãs, além de trazer de volta o que segundo muitos, nunca deveria ter parado.

Quanto ao spin-off “Burn The Witch“, vamos contar com a adaptação de um one-shot do mesmo universo de Bleach, trazendo bruxas e dragões para essa realidade. A história de Noel Niihashi e Spangle Ninii se passa em Londres, 12 anos depois da história que a originou e vai ser animada pelo Studio Colorido, porém não temos informações qual será o estúdio que irá animar Bleach. A animação de Burn The Witch tem previsão de ser lançado no meio desse ano, no verão japonês.

Noel e Spangle, as protagonistas no mangá “Burn The Witch”

Continue Reading

Tempo

Vivo Keyd assume a vice-liderança. RPD, INTZ e KBM empatadas em último na tabela

Eduardo Seroa

Published

on

A oitava rodada do CBLoL começa com um espetáculo: paiN contra Flamengo. E logo durante o draft, tivemos uma surpresa: Volibear suporte no CBLoL na mão do Luci, o suporte do Flamengo. O Flamengo começou o jogo extremamente agressivo, forçando dive em ambas as rotas laterais. Com o começo de jogo rápido e explosivo do Flamengo graças às rotações do Ranger e do Luci, o Flamengo controla totalmente os objetivos neutros, pegando três dragões e dois arautos. O Flamengo conseguiu se segurar um pouco contra o ímpeto do Flamengo, e ganhou uma luta cinco contra cinco que os botou de novo ao jogo. Porém logo depois, o Flamengo pega seu quarto dragão e pega a alma do dragão de fogo. Com essa vantagem, o jogo é praticamente garantido pelo Flamengo. A Pain ainda tentou uma última jogada desesperada, emboscando o caçador do FLA, Ranger, e forçando o barão. O Flamengo respondeu a tentativa da Pain e saiu com quatro abates e o barão, sem perder nenhum dos jogadores. O jogo se encerrou com a vitória do FLA um pouco depois do barão, com a Pain fraca demais para contestar a força da equipe rubro-negra.
No segundo jogo da rodada, um embate entre a parte debaixo da tabela: Redemption contra INTZ. Ambos os times estão tendo péssimas atuações, com problemas graves dentro de jogo. O jogo começa com algumas lutas em todos os lugares do mapa com a Redemption levando a melhor, porém os dois primeiros dragões do jogo ficaram na mão da INTZ. O jogo seguiu empatado, com os times parelhos em ouro e algumas eliminações que não resultaram em nada, até uma luta que a INTZ saiu na frente e conseguiu fazer o barão. Com a pressão do Barão, a INTZ conseguiu ir minando a base da Redemption e, com a pressão do pick de Camille nas mãos do Tiancy, jogador do topo da INTZ, e a falta de resposta da Redemption, a INTZ levou o jogo onde os dois times pareciam estar cautelosos demais.
No terceiro confronto do dia, Keyd enfrenta a PRG. Ambos os times vêm em boa fase e o jogo começou com Yampi, caçador da selva da PRG de lee sin, invadindo e tentando tirar recurso do caçador da keyD, Grell. A Keyd conseguiu ler os movimentos e impedir as jogadas que a PRG tentou armar, comprando tempo até a primeira luta importante do jogo: Uma luta no rio onde os guerreiros da Keyd perderam o dragão, mas pegaram alguns abates no time da PRG e a pressão do jogo. A Keyd consegue controlar bem o mapa e não cai em nenhuma luta desfavorável, deixando a Camille livre para puxar a rota lateral com a cobertura da Sejuani. A Keyd se junta para lutar o segundo dragão, e novamente perde o dragão mas ganha a luta. Em um movimento do time da PRG para tentar aliviar a pressão que a Camille estava criando na rota inferior, quatro jogadores se moveram para lá sem sucesso. Como resposta, a Keyd já estava preparada para fazer o Barão escondido. Quando a PRG se deu conta, tentou responder a tentativa de Barão dos guerreiros da Keyd. Foi uma jogada desastrosa para a PRG, perdendo não só o Barão como vários jogadores. Após o Barão, a Keyd controlou aproveitou a vantagem e o jogo se resumiu em lutas em volta dos jogadores do topo. O jogo terminou em um backdoor incrível por parte do time da Keyd, onde os guerreiros ameaçaram fazer o segundo Barão e, quando a PRG chegou para contestar, Robo e Nosferus usaram o teleporte para puxar junto dos super minions que já estavam dentro da base do time da Prodigy enquanto o resto do time segurou a volta à base dos campeões inimigos.
O último jogo do dia é protagonizado por Kabum e Furia. Com a entrada de Sting na posição de caçador, o time da Furia parece ter mudado extremamente. A Furia tem um começo de jogo muito mais agressivo, forçando lutas pelo mapa. A Kabum, que tinha como sua força principal o começo de jogo, pareceu ficar um pouco atordoada com a Furia e começou o jogo atrás. A Furia continuou a forçar as torres do time da Kabum, rotacionando quatro membros do time para levar tais objetivos. Após a agressividade inicial da Furia, o ritmo do jogo ficou mais lento e a Kabum conseguiu respirar no jogo. No meio de jogo, quem começou a ditar o ritmo do jogo foi, impressionantemente, a Kabum. Devido às decisões ruins tanto no draft quanto dentro de jogo, a Furia perdeu o controle da partida. A Kabum conseguiu pegar quatro dragões de montanha, obtendo a alma do dragão e o Barão. A Kabum, que não deixa os erros graves da Furia passar em branco, agradece pela partida e leva a vitória.

Continue Reading

Parceiros Editorias