Connect with us

Colunistas

Vamos falar de outubro rosa?

Raquel de Oliveira Moscardini

Published

on

LOJA DC 4

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.

Desde 1990, o mês de outubro foi escolhido como o mês da conscientização e prevenção para do câncer de mama. Com uma campanha mundial, vários monumentos são iluminados com a cor rosa para lembrar da importância do autoexame para um diagnóstico precoce e maiores chances de cura.

Para dar uma forcinha, a ilustradora Maysa Chaves criou em 2012, a série de ilustrações Nobody’s Immune To Breast Cancer, que retrata mulheres ícones das HQ’s fazendo o autoexame, com intuito de nos lembrar que nenhuma mulher está imune e que precisamos sim, nos cuidar.

cancer-de-mama-heroi-04 outubro-rosa-super-heroc3adnas-autoexame-cc3a2ncer-de-mama-1 outubro-rosa-super-heroc3adnas-autoexame-cc3a2ncer-de-mama-4 outubro-rosa-super-heroinas-autoexame-cancer-de-mama-3

“Ninguém é imune ao câncer de mama.
Quando falamos sobre câncer de mama, não há mulher ou supermulher. Todas precisam fazer o autoexame mensalmente. Lute conosco contra o inimigo e, em caso de dúvida, procure seu médico”

A Marvel, também em 2012, em parceria com a Susan G. Koman for the Cure (a maior organização mundial de luta contra esse tipo de câncer) lançou algumas HQ’s com a capa cor de rosa e dentro havia um encarte educativo sobre o assunto. Capitão Marvel #5,  O Incrível Homem de Ferro #526, Vingadores #31, Capitão América #18, Quarteto Fantástico #611,  O Poderoso Thor #21. Confira:

xmen

Uncanny X-Men #20

 

capitao-america

Capitão América #18

 

wolverine

Wolverine #315

 

vingadores

Vingadores #31

 

thor

O Poderoso Thor #21

 

quarteto-fantastico

Quarteto Fantástico #611

 

homem-de-ferro

O Incrível Homem de Ferro #526

 

capitao-marvel

Capitão Marvel #5

Para os cinéfilos de plantão, peguem seus lencinhos.

O filme Uma Chance Para Viver (2008) é baseado em fatos e traz a história do médico Dennis Slamon, que dedicou 12 anos de sua vida trabalhando na pesquisa do Herceptin®, medicamento promissor no tratamento e cura do câncer de mama. Este remédio é administrado em pacientes com um determinado tipo de câncer de mama e tem apresentado resultados eficazes.
Hoje, Dr. Slamon tem pacientes que há mais de 10 anos não apresentam mais a doença. Trata-se de um filme inspirador e esclarecedor,  que mostra a realidade de mulheres que buscam tratamentos alternativos e menos invasivos que a quimioterapia.

Voltando a Sonhar (2009), Emily (Gail O’Grady) desistiu do sonho de ser cantora para se casar com Brad (Michael Shanks) e ser mãe de família. Sua vida é bastante comum: cuida da casa e dos dois filhos, além de trabalhar como professora de música. Só que quando descobre que tem câncer de mama, sua vida muda drasticamente e ela precisa encontrar forças para superar os desafios da doença, ao lado de sua família e de novos amigos que faz pelo caminho.

Já Estou com Saudades (2015), Jess (Drew Barrymore) e Milly (Toni Collette) são melhores amigas desde a infância. Enquanto Milly se casou, teve dois filhos e construiu uma carreira de sucesso, Jess decidiu levar uma vida pacata ao lado do marido Jago (Paddy Considine). Após se submeter a um tratamento, Jess enfim consegue engravidar. Mas a notícia vem justamente quando Milly descobre ter câncer de mama e precisa passar por quimioterapia, o que necessitará do apoio não apenas da amiga, mas de toda a família.

E para lembrar que os meninos também precisam ficar atentos, o dorama (definição generalizada do gênero série de televisão oriental) Jealousy Incarnate, mostra um jovem que tem o diagnóstico positivo de câncer. O dorama traz cenas bem cômicas e dramáticas, ao melhor estilo  dorama, além de quebrar tabus contra o pré-conceito dos homens terem uma doenças que da “somente” em mulheres.

jealousy3-00028

O ator é submetido a exames de ultrassom e mamografia.

 

O câncer de mama é o segundo mais comum no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele. Segundo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são esperados 57.960 casos novos de câncer de mama este ano no Brasil. Em grande parte dos casos, o câncer de mama quando detectado em fases iniciais, há mais chances de tratamento e cura. Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelo autoexame.

Apesar de ser mais raro nos homens, estes também podem ter câncer de mama! Geralmente a idade média dos homens que são acometidos pelo câncer de mama é de 50 anos, porém esse número pode cair de acordo com o estilo de vida sedentário e genética.

Sintomas

Durante o autoexame, podemos notar a presença de nódulos (caroços) fixos, endurecidos e normalmente indolor; pele avermelhada, com aspecto de casca de laranja; alterações no formato do mamilo; e ainda pequenos nódulos na região das axilas e pescoço. Se você notou algum desses sinais, procure um ginecologista, a rapidez no diagnóstico faz toda a diferença.

Portanto, meninas e meninos se toquem!

Revisado por: Bruna Vieira.

Raquel de Oliveira Moscardini
Estudante de Publicidade e de Letras, bookaholic, viciada em café e Netflix.
Revisora do CDL.
Comments