VCTBR | Confira os resultados da Fase 1 na Etapa 3

Confira como começou a Fase 1 da Etapa 3 do VCT:

O primeiro dia da Fase 1 mostrou como as principais equipes do cenários estão após mudanças de elenco e o primeiro master internacional, que teve impacto nas equipes participantes e até nas que apenas assistiram.

Jogo 1 – Team Vikings x Stars Horizon – Haven (Grupo A)

A md1 que abriu a primeira fase da Etapa 3 foi marcada pela agressividade de ambos times e por rounds rápido. Depois de ter perdido os dois primeiros rounds, a Team Vikings assumiu uma posição agressiva mesmo estando do lado defensor, e conseguiu ganhar rounds fazendo aberturas no bomb A e B.

Como defensores, a SH assumiu a mesma postura agressiva que a VKS e fez rounds disputados, mas Saadhak e companhia conseguiram segurar as aberturas da equipe em momentos cruciais e fecharam o jogo com um 13×9.

A grande novidade dessa md1, sem dúvidas, é a mudança de funções dentro da VKS: Frz voltou a ser iniciador, Sacy assumiu o papel de duelista, Sadhack e Sutecas trocaram de função (Controlador e Sentinela, respectivamente); GTN foi o único que não trocou de função. Durante a coletiva de imprensa, Sacy revelou que a experiência no Masters da Islândia foi crucial para a mudança.

Jogo 2 – Fúria x Slick – Bind (Grupo A)

A primeira exibição das duas equipes que tiveram mudanças em seu elenco (Mazin por parte da Fúria, Veroneze e Maverick da Slick) na Fase 1 foi dominada pela equipe da Fúria. Em um 13×4 no mapa da Bind, Xand e seus companheiros de equipe conseguiram jogar de maneira ordenada e inteligente, diferente de uma Slick um tanto apática. O grande destaque da partida foi Khalil, que surpreendeu com o seu Brimstone e fez um ace no penúltimo round da partida.

Na coletiva de imprensa, o técnico nck disse que a equipe da Slick teve apenas uma semana para treinar com Maverick antes das qualificatórias e neste jogo contra a Fúria não conseguiram impor o que haviam treinado, acabaram acuados no confronto; Já Carlão, técnico da Fúria, ressaltou Mazin e falou que o jogador acrescentou muito para a equipe com sua experiência internacional e inteligência.

Jogo 3 – Yng Sharks x Noorg2.0 – Icebox (Grupo B)

Em um jogo disputado nos detalhes, Yng Sharks levou a melhor por 13×10. No começo, a Sharks conseguiu abrir um 6×0 em rounds disputados, mas a Noorg reagiu e fez 5 rounds seguidos antes da troca de lados. Depois, como atacantes e em avanços rápidos, a equipe continuou em uma crescente e empatou o jogo.

Nos três últimos rounds, a Noorg não conseguiu executar bons after plants e a experiência da Sharks falou mais alto. Na coletiva de imprensa, prozin disse que o pensamento do time mudou após os Masters das Islândia e que a mudança mais importante foi a troca de funções entre Frasan, agora controlador, e Light, sentinela.

Jogo 4 – Gamelanders Blue x Havan Liberty – Icebox (Grupo B)

A última disputa do dia sem dúvidas era a mais esperada por todos os telespectadores, já que na última disputa entre as duas equipes a Havan Liberty surpreendeu no Fase Final da Etapa 2 e eliminou a Gamelanders Blue. Com mudanças em ambas equipes, Belky por parte da GLB e Krain da HL, a GL Blue ditou o ritmo desde o começo e fechou o jogo em um 13×6.

Apesar de ter feito bons rounds no lado defensor, a HL não conseguiu segurar uma Gamelanders Blue que se mostrou de forma diferente e não teve mwzera como o jogador destaque, mas sim Belky, o novo jogador da equipe que realizou posicionamentos decisivos e fez uma partida excepcional de Astra.

O VCTBR volta amanhã (04) às 17h nos canais oficiais do Valorant BR na Twitch, Nimo e Youtube com duas md3: Stars Horizon x Slick pelo Grupo A e Noorg2.0 x Havan Liberty pelo Grupo B.

Total
0
Shares
Related Posts
Total
0
Share