Connect with us

Games

Vejo os novos Amiibos de The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Raphinha

Published

on

Nessa semana ocorreu o Nintendo Direct, e a Nintendo anunciou que irá lançar novos Amiibos para ” The Legend of Zelda : Breath of the Wild” , Os personagens são :Urbosa, Mipha, Revali e Daruk  . Veja o trailer !

Os Amiibos estarão disponíveis em 10 de Novembro desse ano. The Legend of Zelda: Breath of the Wild foi lançado em Março desse ano para Wii U e Nintendo Switch.

Comments

Games

Pokémon Sword & Shield é o jogo do Switch que vendeu mais rápido no mundo

O título da Nintendo, já vendeu mais de seis milhões de cópias em todo o mundo.

Rebeca Pinho

Published

on

Embora Pokémon Sword & Shield tenha sido lançado na ultima semana, o jogo já acumula recordes, o mais recente deles é a marca de jogo do Switch vendido mais rápido no mundo todo.

O exclusivo da Nintendo, vendeu mais de 6 milhões de copias em todo mundo, deixando para trás, o agora segundo colocado Super Smash Bros (Um dos concorrentes a melhor jogo do ano) que alcançou a marca de 5 milhões em vendas, em sua primeira semana de lançamento.

Contudo, vale lembrar que Pokémon Sword & Shield são dois jogos, vendidos separadamente, o que contribui bastante para esses números elevado de vendas, tendo em vista que, grande partes dos fãs, faça questão em adquirir ambos os títulos.

Historicamente a franquia Pokémon sempre fez sucesso e obteve um numero elevado de vendas, os jogos anteriores Pokemon Sun e Moon, também alcançaram um número expressivo de vendas no 3DS. Apenas três meses após o lançamento de Sun e Moon, a Nintendo revelou que havia vendido 14,9 milhões de cópias em todo o mundo, tornando-se mais uma marca de sucesso da franquia.

Tudo isso só mostra o amor e carinho dos fãs, pela franquia nascida em 1995. Pokémon é mais que um anime, um jogo, é uma paixão que capturamos e guardaremos para sempre, em nossos corações.

Pokémon Sword & Shield pode ser jogado exclusivamente no Nintendo Switch.

Continue Reading

Games

EA anuncia que LIBERTADORES será competição do FIFA 20

Novo torneio, a Copa Sul-Americana e a Recopa vão estar disponiveis em Março de 2020

André Gimenes

Published

on

A Electronics Arts Inc. anunciou hoje que oferecerá o maior torneio de clubes da América do Sul, a CONMEBOL Libertadores, com exclusividade para o EA SPORTS™ FIFA 20 como uma atualização de conteúdo gratuita em março de 2020 para PlayStation®4, Xbox One e PC.

Os jogadores poderão competir com clubes históricos do Uruguai, Peru, Paraguai, Equador e mais no FIFA Ultimate Team™, no Modo Carreira, no Jogo Rápido e no novo Modo de Torneio CONMEBOL Libertadores. Viva a experiência de alguns dos melhores jogadores do mundo com camisas pesadas como as de River Plate, Boca Juniors, Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Vasco da Gama e Colo-Colo. Não perca toda a paixão e rivalidade da CONMEBOL Libertadores, CONMEBOL Sul-americana e CONMEBOL Recopa.

“Esta parceria com a EA, uma das maiores empresas de jogos do mundo, é um grande passo para a divulgação mundial do futebol sul-americano. Graças a esse acordo, nossos torneios, clubes e jogadores terão maior alcance e reconhecimento entre os fãs de futebol, que terão uma maneira totalmente nova de seguir seus ídolos”, diz Juan Emilio Roa, diretor comercial da CONMEBOL.

A inclusão da CONMEBOL Libertadores continua a consolidar o FIFA 20 como o game esportivo mais autêntico, com mais de 30 ligas oficiais, 700 equipes, 17.000 jogadores autênticos e 90 estádios licenciados de todo o mundo que já estão no jogo.

“Incluir no FIFA 20 a CONMEBOL Libertadores e a CONMEBOL Sul-americana, os mais prestigiados torneios continentais de futebol entre clubes da América do Sul, é um passo emocionante”, diz Nicholas Wlodyka, GM, EA SPORTS FIFA. “Essa nova parceria com a CONMEBOL reforça nossa posição como a experiência de futebol mais completa disponível. Seguimos construindo o jogo de esportes mais autêntico para nossos fãs.”

Além disso, a Libertadores, um novo torneio que continuará a expandir a EA SPORTS FIFA 20 Global Series, oferece aos jogadores da América do Sul uma maneira totalmente nova de se conectar à CONMEBOL Libertadores por meio da competição.

“A chegada da prestigiada CONMEBOL Libertadores ao nosso ecossistema da FIFA 20 Global Series fortalece nossa conexão com os fãs de futebol de todo o mundo e acelera o crescimento dos eSports em novas regiões”, diz Brent Koning, comissário de jogos competitivos da FIFA. “Nosso objetivo é oferecer a competição de esportes mais inclusiva do mundo e estamos ansiosos para receber jogadores da América do Sul e aspirantes a superestrelas para se juntarem às dezenas de milhões que já competem no FIFA.”

A Grande Final do torneio eLibertadores verá os oito principais concorrentes do PlayStation®4 e Xbox One competirem nos dias 7 e 8 de março de 2020 pela chance de ganhar pontos da FIFA Global Series, além de um prêmio total de US$ 100.000.

Mais detalhes sobre o torneio e como se inscrever estarão disponíveis em dezembro.

Continue Reading

Games

Review – Death Stranding “Um jogo fora do comum”

Hideo Kojima traz um jogo fora da nossa realidade, um jogo que nos tira de qualquer realidade e faz a gente se sentir dentro do jogo.

Hueber Silva

Published

on

Death Stranding chegou ao Playstation 4 no dia 8 de novembro deste ano e já foi indicado ao premio de jogo do ano no The Game Awards com 10 indicações, incluindo claro o de game do ano. Muitas outras criticas colocaram o jogo lá em baixo e disseram que era um game confuso, com uma historia sem sentido e etc, bom o que poderíamos esperar de Hideo Kojima com esse jogo não é pra menos, com uma expectativa lá em cima pude jogar o game e finalizar seu modo historia com muita emoção. O game traz uma questão um pouco politica também, onde mostra um país um pouco dividido após alguns eventos apocalípticos e você tem essa missão de unir aos poucos essa país.

O jogo conta a historia de Sam Porter Bridges (Normam Reedus), um entregador que de forma corajosa tenta unir os Estados Unidos (que agora é chamado Cidades Unidas da América) após um grande evento apocalíptico conhecido como Death Stranding. O game em si tem um proposito com suas entregas, você faz entregas com o proposito de ir unindo cada lugar a UCA, ligando uma rede no qual eles chamam de Rede Quiral através do Q-Pid, que pode unificar todo o país e evitar mais eventos como o Death Strading.

Durante o game descobrimos que Sam tem Doom’s por ele ser um repatriado, ou seja, ele consegue de certa forma sentir quando os EP’S estão próximos com a ajuda de seu BB claro, além disso seu sangue e fluidos corporais podem ser usados como armas eficientes contra esses EP’S. Além dessas entidades temos os Mulas, que são organizações viciadas em roubarem cargas de outras pessoas e esconderem em armários compartilhados, durante a campanha você é designado para recuperar equipamentos de outras pessoas que foram roubados por eles.

A gameplay do game em si é um pouco ruim, você faz entregas, mas com isso as entregas são demoradas de certa forma, em algumas você pode demorar até 40 minutos ou mais, dependendo da região que você vai passar no jogo. Uma questão que torna o jogo interessante e complexo são as EP’s, que são seres que estão presos no mundo dos vivos e não conseguiram partir para o mundo dos mortos. Outro ponto do game que vale ser destacado é que, os jogadores se ajudam durante o game com construções que aparecem para outros jogadores no mapa, isso ajuda e muito em suas entregas.

Death Stranding traz várias referencias seja elas de itens, hologramas e diversas outras que vemos durante o game, duas que mais chamaram a atenção é do energético que o Sam toma em seu quarto privado que é o Monster Energy Drink e o outro é o holograma que traz Aloy do game Horizon Zero Dawn. Um fator muito positivo do game é sua trilha sonora, que convenhamos é fora de série e surreal, porque as vezes ela toca no meio do nada enquanto você está jogando e são varias músicas.

Hideo Kojima traz algo que nunca vimos antes, em termos gráficos o jogo é totalmente impecável, não temos o que reclamar, a jogabilidade não é perfeita mas não é ruim, para você controlar um veiculo é um pouco difícil principalmente quando você passa em terrenos com alguns obstáculos ou aquelas subidas que são difíceis por terem alguns obstáculos.

Aí fizemos a pergunta de que o porque se demora tanto para finalizar a historia principal do game? Simplesmente por ter diversas, mas diversas cutscenes durante o jogo, Kojima não poupou e transformou o game em um filme em formato de jogo, o que é bom sem duvida alguma e que em certos momentos nos faz imergir dentro da historia cada vez mais.

Atores reais foram usados durante o jogo então vemos Mads Milkesen, Normam Reedus, Leia Seydoux, Guillermo del Toro e muitos outros, isso é algo que vem sendo muito usado nos games, vemos como exemplo o The Last of Us que vem na mesma pegada que o do jogo de Hideo Kojima.

Para entender o contexto da historia demora, mas demora muito, para finalizar seu modo historia é um tempo de mais ou menos 30 horas de game, apenas o modo historia sem platinar ou fazer entregas secundarias, estima-se que para platinar deve demorar em torno de 70 a 80 horas ou mais para fazer 100% no jogo, mas após concluir a campanha o game parece se tornar um pouco mais fácil, o que pode te ajudar a platinar o game e fazer o tão sonhado 100%.

O Sr. Kojima acerta em trazer um jogo totalmente revolucionário, apesar do game ter suas dificuldades e suas limitações ele entrega algo inacreditável e viciante, muitas pessoas podem falar que não é o tipo de jogo que elas jogariam, quando vi a primeira gameplay do jogo pensei a mesma coisa e aí viciei e fiquei durante horas e horas zerando o game. Claramente você pode comprar o jogo sem problema algum e jogar em paz, mas preste muita atenção na historia do jogo é importante demais.

Death Strading está disponível somente para PS4 no momento.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido