Connect with us

cinema

Venom “O Esquadrão Suicida da Marvel”

Edi

Published

on

LOJA DC 4

Ta ai uma coisa que te fara pensar… O titulo dessa critica poderia ter sido como “Filme mal montado transforma vilão em comediante…” Venom é a primeira grande aposta da Sony no seu AranhaVerso (universo cinematográfico da Sony focado nos personagens do Homem-Aranha). Apesar do vilão ter um potencial incrível, o filme não anda como poderia andar.

Venom do diretor  Ruben Fleischer (Zombilandia, Caça aos Gângsteres) é um filme que sabe o que quer, ser comedia… Por outro lado o filme não consegue definir bem o tom disso. A montagem é bem ruim, e fica a impressão que o filme deveria ser para maiores de 18 anos, mas veio a Warn… digo, a Sony e disse “Aí, corta isso ai que a Marvel não pode ter mais de um filme para maiores no mesmo ano…” e assim nasce “Nós somos Venom”.

A melhor coisa do filme é Tom Hardy (yes, ele mesmo de Mad Max: Estrada da Fúria, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge) que consegue dar ao filme uma pequena respiração, pelo menos, as melhores cenas do filme ficam por conta da adaptação de Eddie Brock com seu parasita (e ele se ofende hein…) mesmo as cenas do Venom por sí só não são tão boas (faltou Zack Snyder). 

Mas nada se salva? Sim, ele é um bom filme para quem não tem o que fazer no final de semana e esta sem ideias para sair… Tipo vai ver Venom, apesar da montagem ruim e do cabeça do teia fazer falta ao jogo, o filme diverte em varias outras cenas (se você ignorar que Venom tira cabeças das pessoas e o corpo não aparece depois e não existe sangue escorrendo pela sua boca quando faz estes atos de vandalismo).

A fotografia torna o filme muito escuro, mas é uma confusão as cenas de luta entre Venom e o vilão que só se torna mais nítida quando se tira o óculos 3D. O roteiro tem partes confusas como, uma hora Venom diz que quer acabar com a humanidade, depois Venom se convence que na terra ele ficaria bem melhor, porque simplesmente amou Eddie, ah, ta bom. E o efeito do Venom são também um ponto a serem considerados, os efeitos especiais são bem feitos.

Riz Ahmed (Rogue One: Uma História Star Wars), aqui é um Alan Musk com problemas sérios de dignidade. Apesar da sua participação não ser ruim, ela não combina com o papel (erro de cast). Você tem que se esforçar demais para ver ele como vilão no filme. Michelle Williams (O Rei do Show, Todo o Dinheiro do Mundo), tem pouca participação, mas agrada a cada momento que aparece (todo mundo ama a Michelle).

Venom no fim fincionaria melhor se fosse para maiores de 16 anos ou 18 e tivesse uma pegada mais para o terror, o que não acontece, por outro lado apesar do filme ser divertido saimos com o sentimento que ele poderia ser muito melhor.

Venom esta em exibição nos cinemas.

Venom

5.8

Roteiro

6.0/10

Fotografia

5.0/10

Direção

6.5/10

Pros

  • Tom Hardy e Michelle Williams

Cons

  • Roteiro
  • Filme mal editado
Edi on FacebookEdi on InstagramEdi on Twitter
Edi
Produtor, escritor nas horas vagas, administrador, editor e fundador do site CDL.
Continue Reading
Comments