Connect with us
x-men x-men

HQs

X-Men – Novo culto adora mutantes como deuses

Avatar

Published

on

AVISO: O texto a seguir contém spoilers para Marauders # 3, de Gerry Duggan, Michele Bandini, Elisabetta D’Amico, Federico Blee, Cory Petit do VC e Tom Muller, à venda agora.

x-men

O Universo Marvel nunca se esquivou de ideias religiosas, especialmente no que se refere aos X-Men. Abertamente, mutantes explicitamente religiosos como Noturno e a mutante Dust trouxeram questões sobre religião, bem como histórias como Gods Love, Man Kills Force abordam outras ideias sobre esse conceito.

Mas agora, em Marauders #3(algo como os Marotos) revelaram que uma nova religião parece ter se formado em torno dos X-Men e dos outros mutantes de Krakoa, o que poderia causar alguns problemas sérios em um futuro não muito distante.

x-men

A história

Depois de chegar a Nova York para realizar negócios em nome da Hellfire Corporation, Sebastian e Shinobi Shaw seguem para o centro da cidade. Depois de serem recebidos por uma barreira militar que foi construída em torno do portal Krakoa Manhattan, os Shaws são seguidos por um misterioso grupo de pessoas. Eles não fazem nada, mas ficam no seu caminho. Também usam mantos X-Men pretos e amarelos, com os capuzes desenhados. Eles até parecem ter desenhado um grande X em seus rostos. Irritados com a recusa em mudar, os Shaw trabalham juntos e os explodem. Por trás de uma árvore, outra figura se revela – e elogia os Shaws, pois ele e seus amigos foram “vistos pelos deuses”

Como Shaw mais tarde explica a seu filho durante o jantar, os cultos se formaram em todo o mundo por causa das novas mudanças que aconteceram desde que Krakoa mudou dramaticamente os mutantes no mundo todo. Este não é um território novo para os X-Men, que há muito tempo lidavam com inimigos abertamente religiosos, como o Reverendo William Stryker e os Purificadores e humanos como os U-Men, que têm uma obsessão pela ideia de mutantes.

Novos deuses

No entanto, desta vez, esses cultos humanos são diferentes, porque eles não parecem odiar os mutantes. Ao contrário do clã Akkaba que se voltou contra o Apocalipse, esses cultos veem os mutantes como o próximo passo divino na evolução e começaram a tratar os X-Men como deuses. É sempre uma surpresa inesperada, mas agradável, quando seções da humanidade se mostram dispostas a trabalhar e conviver com mutantes, mas isso parece um animal completamente diferente.

x-men

Dado o quão geográfica e culturalmente Krakoa é isolado do resto do mundo, os mutantes já se sentem um pouco mais afastados da humanidade do que jamais estiveram antes. Com uma ilha paradisíaca distante e a capacidade de voltar da morte, além de seus poderes já impressionantes, muitas das coisas que fazem de Krakoa uma experiência mais positiva para os mutantes são provavelmente as mesmas razões pelas quais as pessoas os adoram. No entanto, essa adoração pode levar alguns dos mutantes da Marvel a uma direção mais sombria. Ex-vilões como Vulcan, Exodus e Sebastian Shaw não precisam do ego adicional de serem literalmente adorados indo à tona – muito menos que tipo de efeito isso poderia ter sobre os heróis.

Enquanto viver em um mundo onde eles são adorados por alguns, em vez de odiados e temidos por muitos, é uma atualização para os X-Men, as atitudes do culto a respeito da superioridade mutante são suspeitamente próximas das crenças similares de longa data de Magneto. Essas são águas perigosas para os mutantes pisarem, e cultos como esses podem representar um problema sério a ser explorado à medida que a nova era dos X-Men continua.

fonte: cbr

Fã de monstros gigantes a deuses antigos "That is not dead which can eternal lie, And with strange aeons even death may die."

Advertisement
Comments

HQs

Revelada nova estratégia de Emma Frost contra inimigos dos mutantes

O que será que Emma Frost está reservando para os inimigos de Krakoa?

Jacqueline Cristina

Published

on

Desde que criaram a nação de Krakoa, os X-Men tornaram-se cada vez menos preocupados com as visões do resto do mundo, sendo que em sua missão mais recente, em Marauders #10, Emma Frost, a Rainha Branca revela que isso se estende até mesmo para as ideias de moralidade, que sustentaram a equipe no passado.

Atenção: Os parágrafos a seguir podem conter spoilers de Marauders #10 por Gerry Duggan, Stefano Caselli, Edgar Delgado, Cory Petit e Tom Muller.

Enquanto a vida dos soldados que enfrentam a bordo de um navio russo é poupada, os Marauders, especificamente Emma Frost, cruza uma linha moral importante usando sua telepatia para não apenas apagar as memórias, mas também para reescrever completamente as mentes de seus inimigos.

Após aprenderem toda a extensão da tecnologia que é contra o poder mutante, o qual foi desenvolvido por uma coalizão de nações resistentes a Krakoa, Tempestade e Frost montam a equipe dos Marauders para um ataque cirúrgico a um protótipo portátil da arma. Tal ataque é rápido e brutal, visto que o navio russo estava completamente despreparado para os mutantes.

À medida que os X-Men segue as leis de Krakoa e não matam os humanos, Emma tem uma punição ainda mais fria para eles, visto que a mutante, juntamente com as irmãs Stepford capturam os soldados russo, trazendo-os a bordo de sua própria nave. Estando sob sua custódia, os telepatas usam seus poderes para apagar todas as memórias que os soldados têm do mês anterior, assim como também usam seus poderes para ajustar permanentemente as mentes e personalidades dos homens, tornando-os de modo que até mesmo o pensamento de crueldade para qualquer minoria – não apenas mutantes – vai torná-los fisicamente doentes.

É certo que tal atitude gera menos pessoas odiosas no Universo Marvel, visto que Frost não matou ninguém, contudo, isso apenas dá uma demonstração assustadora do poder da Rainha Branca. Limpar a mente dos soldados e manipulá-los é uma linha moral decididamente complicada para andar, e chega perigosamente perto da lavagem cerebral. Para uma personagem que tem sido uma vilã com tanta frequência como ela tem sido uma heroína, as implicações morais desta ação são ainda mais preocupantes e falam de uma potencial podridão moral no núcleo de Krakoa.

Por fim, é certo que os aliados humanos dos X-Men não estão imunes aos caprichos da espécie mutante, caso decidam que algo é primordial para a segurança de Krakoa. Com muitos super-heróis e até mesmo vilões como o Doutor Destino temendo que os mutantes não possam mais ser considerados heróis, a revelação do que Emma vem fazendo pode ser a gota d’água para que os outros heróis do Universo Marvel lutem contra os X-Men.

Marauders #10 já se encontra disponível nas plataformas físicas e digitais dos EUA.

Continue Reading

HQs

Resenha | The Black Monday Murders vol. 2

Jonathan Hickman e Tomm Coker mostraram mais uma vez que o Mercado não é nada do que imaginamos.

Avatar

Published

on

A continuação de The Black Monday Murders já está disponível na Devir e o Cabana do Leitor decidiu mostrar aos nossos leitores um pouquinho sobre a história. Por ser uma continuação direta do volume um, esta matéria pode conter spoilers.

Atrás de respostas, o policial Thomas Dane procura pelo professor Tyler Gaddis, para descobrir mais sobre esse submundo, mas será que ele realmente estava preparado para isso? O professor decide então guiar Thomas até o Sistema de Reserva Federal (famosa Casa da Moeda), onde ambos poderão fazer suas perguntas a quem mais saberá sobre tudo, o Deus Mamoa.

Enquanto isso, Grigoria Rothschild, irmã do falecido Daniel, continua atrás da vingança pelo o que aconteceu com seu irmão e nada melhor do que uma vingança ao adquirir poder. A trajetória da Grigoria é bem construída. Muitos dos outros líderes caçoam do seu poder, mas ela está ali para mostrar que tudo não passa de uma fachada e ela mostra isso com sangue.

Os diálogos nesse volume são ainda mais interessantes e envolventes do que no volume anterior. Aqui é possível ver as consequências dos efeitos passados, o que esclarece ainda mais as histórias das famílias por trás das grandes escolas. As escolas são como as grandes nações e cada escola tem uma família líder que a reina. Por saber disso, a Grigoria está querendo ter o poder da magia suficiente para liderar dentre todas as famílias. Mesmo que isso signifique a morte de outros.

The Power of Silence - Comic Cut Down

Como no volume anterior há fragmentos de emails, diários e mapas que nos auxiliam no andar da história, assim como esboços de alguns personagens e locais visitados. Mais uma vez, a Devir está de parabéns pela qualidade do material. O quadrinho conta com 192 páginas coloridas e tem sua versão em capa dura, exclusiva pela Amazon.

The Black Monday Murders não é uma história para qualquer um. O enredo é repleto por um suspense e horror que envolve ocultismo, violência explicita e uma trama muito envolvente. Caso tenha se interessado pela história, você pode adquirir este volume clicando aqui.

Não leu nossa resenha sobre o primeiro volume? É só clicar aqui.

Continue Reading

HQs

Artgerm ilustra capa variante de Supergirl para Death Metal

Supergirl está super badass!

Avatar

Published

on

O artista Stanley “Artgerm” Lau publicou em seu twitter uma capa variante com a Supergirl em Dark Nights: Death Metal. A imagem mostra a heroína em um fundo em chamas, com uma expressão determinada

“Aqui está minha capa completa de supergirl para Deathmetal 3. Um tom mais sério para o meu super-herói favorito.”, escreveu Artgerm no post.

Imagem

Dark Nights: Death Metal #1  já está à venda na DC Comics.

Continue Reading

Parceiros Editorias