Connect with us

cinema

Zack Snyder “O cara certo para o trabalho errado”

Avatar

Published

on

Colunistas é uma área de opinião pessoal do Cabana do Leitor. Artigos aqui são de opinião pessoal do autor do texto e não reflete a opinião do site CDL.

Eu gosto do Zack Znyder. No aspecto visual, acredito que não há como criticar o sujeito. Ele sabe filmar. É um dos poucos diretores da atualidade que consegue criar cenas memoráveis e visualmente impactantes.

Entre todos os seus trabalhos, o meu favorito é O Homem de Aço. Embora eu considere que há mais mão do Nolan nesse filme, Snyder conseguiu trazer o Superman para a realidade e ainda que não seja a versão clássica do herói, o filme gerou o interesse de muitas pessoas que torciam o nariz para o personagem antes.

Entretanto, Batman Vs. Superman apenas confirmou aquilo que eu já imaginava do diretor: A capacidade do Snyder de criar cenas incríveis é proporcional à incapacidade dele de saber contar uma história. A minha principal crítica com esse filme é justamente por conta dessa pretensão de querer criar algo cheio de referências filosóficas, religiosas, mitológicas, com questões políticas e frases de efeito, mas no momento em que o roteiro mais é necessário, tudo é rasgado e alguém grita Fight!.

É claro que aqui também cabe um puxão de orelha na Warner que resolveu colocar a carroça na frente dos burros. Basta lembrar que O Homem de Aço foi lançado em 2013 e Batman Vs Superman em 2016. Ou seja, tivemos um espaço de 2 ANOS sem nenhum outro filme para esse universo. Por isso, Batman Vs Superman foi aquela avalanche de informações e referências jogadas e desperdiçadas, e Liga da Justiça foi um filme “Ok”, muito longe do impacto do primeiro filme dos Vingadores.

O foco aqui não é dizer que Snyder foi o grande culpado pelas críticas que a Warner enfrenta com seus filmes de heróis, mas ocorre que ele tem uma visão pessimista sobre o gênero. Nesse sentido, a direção dele em Watchmen foi acertada, pois a história pede por isso. Só que colocar o Universo DC para ser desenhado pelas mãos de apenas um cara com essa visão, é péssimo. Seria muito bacana se Zack fosse uma espécie de consultor visual desse universo, pois esse é o grande mérito dos filmes dele, mas ele está muito longe de ser considerado um bom contador de histórias.

É muito provável que alguém terá o velho pensamento padrão de internet: “Ah, então os filmes da DC deveriam ser iguais aos da Marvel?”. Eu respondo que não porque a Marvel erra também ao oferecer filmes iguais e com raríssimos momentos de gravidade, em que existem consequências reais para seus personagens.

O segredo é não ser “oito ou oitenta”. Encontre os tons certos para cada tipo de filme. Há personagens sombrios e há personagens mais leves. O futuro filme do Shazam terá um tom mais leve, mas não é certo colocar isso para todos. O humor mais leve do presente não pode ser generalizado, assim como o pessimismo melancólico de Zack Snyder.

Advertisement
Comments

cinema

Warner, Marvel, Globo e outras empresas se posicionam contra o racismo

Gigantes do entretenimento deixaram suas mensagens de apoio ao movimento #VidasNegrasImportam

Avatar

Published

on

By

Os Estados Unidos (e algumas partes do mundo) estão enfrentando a maior crise da sua história, tudo porque de uma vez a economia, a saúde e a parte social estão literalmente entrando em colapso.

A parte econômica e de saúde se deve por conta da pandemia instaurada pelo coronavirus e seus efeitos nestes dois setores, somando-se à parte social que já andava fragilizada, agora ganha contornos raciais após a divulgação de um vídeo na última segunda-feira (25) que mostra um homem negro, o  ex-segurança George Floyd, sendo imobilizado por um policial branco com os joelhos em seu pescoço.

Tendo em vista este cenário, varias empresas e instituições estão se posicionando contra o racismo, entre elas gigantes do entretenimento como a Netflix, Marvel, Amazon Prime, Warner, Globoplay e outras. Confira: 

“Nós nos posicionamos contra o racismo. Nós nos posicionamos à favor da inclusão. Nós nos posicionamos ao lado de nossos funcionários, contadores de histórias, criadores negros e à comunidade negra como um todo. Nós precisamos nos unir e nos pronunciar”

https://www.instagram.com/p/CA3iFJMDBxX/?igshid=15zq3x6byw6nm https://www.instagram.com/p/CA3cdpBgCoi/?igshid=1nuiufv671b1w

“‘Alguém tem que se levantar quando os outros estão sentados. Alguém tem que falar quando os outros estão quietos.’ – Bryan Stevenson.
Estamos ao lado dos nossos colegas, talentos, contadores de histórias e fãs negros – todos afetados pela violência sem sentido. A voz de vocês  importa, a sua mensagem importa. Vidas negras importam.”

View this post on Instagram

#BlackLivesMatter

A post shared by HBO (@hbo) on

“‘Nem o amor, nem o terror cegam: a indiferença é o que cega.’ – James Baldwin.
Nós estamos com os nossos colegas, funcionários, fãs, atores e contadores de histórias negros – e todos afetados por essa violência sem sentido. Vidas negras importam.”

“Estamos com nossos funcionários, colegas, parceiros e criadores negros, indignados com os atos de racismo. Vidas negras importam.”

“Vidas negras importam. Cultura negra importa. Comunidades negras importam. Nós nos posicionamos em solidariedade a nossos colegas, criadores, parceiros e públicos negros e condenamos atos de racismo, discriminação e atos de violência sem sentido”

Os protestos contra o racismo nos Estados Unidos continuaram com manifestantes no último domingo (31) tentando invadir a Casa Branca, sede do governo americano. 

Continue Reading

cinema

Retorno de Henry Cavill como Superman é somente rumor

Apesar do interesse do estúdio no ator, não há negociações no momento.

Avatar

Published

on

A notícia que estava sendo celebrado pelos fãs durante a semana pode ter sido um mero “rumor”: de acordo com informações apuradas pelo The Hollywood Reporter, não há no momento nenhuma negociação entre Warner e Henry Cavill para que o ator reprise o papel de Superman nos cinemas.

Entretanto, o site informa de que os executivos do estúdios tem sim um interesse pelo retorno de Cavill, apesar de sua situação ser, nas palavras da publicação, “complicada”. Independentemente de que o rumor apontava que o novo acordo poderia fazer com que o personagem aparecesse em algum outro filme – como nas sequências de Shazam!, Aquaman ou Esquadrão Suicida, por exemplo – nenhum destes roteiros conta com o kryptoniano atualmente.

A situação é similar ao que ocorreu no ano passado, quando Cavill estava concretamente em negociações para fazer uma participação especial em Shazam!, o que acabou não ocorrendo graças à complicações nos ajustes do acordo. Assim, a cena em questão foi filmada apenas com o torso do Homem de Aço.

De qualquer maneira, vale ressaltar que o ator revelou o desejo de encerrar a trilogia iniciada com Batman vs Superman, inclusive expressando isso durante a live em que Zack Snyder anunciou seu corte de Liga da Justiça. Então aguardemos novas informações sobre o assunto em breve.

Liga da Justiça: Snyder Cut estreia em 2021 na HBO Max.

Continue Reading

cinema

Live-action de Borderlands terá Cate Blanchett como Lilith

Atriz de Thor Ragnarok se une com diretor de O Mistério do Relógio na Parede.

Avatar

Published

on

Agora é oficial: Cate Blanchett, de Thor Ragnarok, foi confirmada como a siren Lilith na adaptação cinematográfica do game Borderlands. A produção irá reunir mais uma a atriz com o diretor Eli Roth, que trabalharam juntos em O Mistério do Relógio na Parede.

Empolgado, Roth falou com o site Variety sobre a adição de Blanchett à produção:

“Acredito que não há nada que ela não possa fazer: do drama à comédia e agora ação, Cate faz cada cena cantar. Trabalhar com ela é um sonho de diretor virando realidade. Sei que, juntos, vamos criar outra personagem icônica para a carreira bem-sucedida dela.”

Na história, a personagem Lilith é uma das poucas mulheres da galáxia pertencentes a uma classe de “sereias” com poderes especiais, como a manipulação do tempo-espaço. No primeiro jogo, lançado em 2009, ela era uma das quatro personagens jogáveis. Entretanto, nos outros títulos da saga, a personagem voltou a aparecer, mas como não-jogável.

Com direção de Roth, a adaptação contará com roteiro de Craig Mazin, criador da minissérie Chernobyl e com produção de Avi Arad, responsável pelos primeiros filmes do Homem-Aranha.

Borderlands não tem data de lançamento previsto.

Continue Reading

Parceiros Editorias