Connect with us

cinema

Magia – Especial Esquadrão Suicida Parte 4

LOJA DC 4

batcaverna

Ela tenta se controlar o máximo possível devido as oscilações da entidade que carrega dentro de si, muitas vezes pode se alterar sem qualquer aviso prévio e arrancar a sua cabeça, se eu fosse você, não a tiraria do sério, ela já fez muita coisa, mesmo parte delas sem ser por vontade própria. Encantadora, ou Magia, como desejar, e uma das poucas anti-heroinas que vou apresentar e que já fizeram parte desse grupo assassino chamado Esquadrão Suicida.

Magia, também conhecida como Encantadora, foi criada no Universo DC Comics por Bob Haney e Howard Purcell, tendo seu primeiro aparecimento em Estranhas Aventuras na sua 187° edição no ano de 1966.

13624964_812635892170497_792668450_n

Considerada como uma anti-heroina, Magia carrega o codinome June Moone, uma artista freelance que, ao ir para uma festa a fantasia num castelo antigo, acaba participando de uma armadilha para que se depare com uma câmara secreta (não é a de Harry Potter), e acabe por conhecer Dzamor, um ser mágico que a obrigada a lutar contra algo maligno que domina o castelo, dando a ela uma entidade terrivelmente má. A partir desse momento, June, apenas pronunciando as palavras “A Magia”, se transforma na anti-heroína, mudando sua aparência e assim, despertando o ser que há dentro dela.

Magia, por carregar uma força interior muito forte, acaba por lutar com a Supergirl e entrar para um grupo chamado Vilões Esquecidos.

13608153_812635865503833_1839804360_n

Com o passar do tempo, Encantadora acaba por ser recrutada pela Força Tarefa X, com a moeda de troca de que eles poderiam manter o seu lado vilão controlado. No entanto, June Moone devido ao seu lado heroico se torna cada vez mais fraca, acabando por estragar uma das muitas missões por causa disso, o que leva seu companheiro de equipe, Petroleiro, a tentar controlá-la caso isso voltasse com o tempo. Devido ao seu descontrole, Madame Xanadu descobre que isso só acontece porque June utiliza seus poderes sem saber como usá-los e a resolução para isso seria com que ela deixasse de empregá-los. Logo, tentando equilibrá-lo, Madame lhe dá um anel para que consiga manter seu autocontrole e separar sua alma da entidade. No entanto, Moone acaba descobrindo que a Magia que vive dentro de si é uma entidade maligna vinda de uma dimensão e foi fundida a ela. Esta entidade acaba por ser arrancada de seu corpo por um demônio chamado Incubus, e June Moone e Magia acabam desaparecendo do Esquadrão Suicida por onze anos.

Acompanhe o nosso especial do Esquadrão Suicida com os artigos Amanda Waller – Parte 1 | Pistoleiro Parte 2 | Crocodilo Parte 3

June, por sua vez, após os onze anos reclusa, acaba por se libertar do Instituto Mental Ostrander, em Nova Jersey, depois de uma tempestade causada pela guerra do Inferno. No entanto, negando-se a juntar-se com heróis numa luta contra a invasão na Terra, June acaba sendo possuída por Desafiador, que a manipula para se juntar na luta no inferno. Porém, ao chegar lá, acaba por tendo a Magia retirada de si por Fausto com o intuito de reacender o fogo do inferno.

13624439_812635885503831_31028915_n

June Moone internada em coma no “Sanatório Campos Elysium” fora de Detroit, acaba sendo resgatada por Fausto, que lhe devolve Magia mascarada como “Anita Soul Eater”. Quando June e Magia reatam, se tornando uma novamente, acaba por surgir Soulsinger, uma entidade que, ao desaparecer, deixa Magia cortada de seus poderes, levando June a ser cuidada pelo Doutor Oculto.

Nos Novos 52, devido aos relançamentos, separada de June Moone, Magia acaba por ser uma entidade anti-heroica insana perseguida pela Liga da Justiça Sombria (a junção de seres sobrenaturais), onde John Constantine descobre o feitiço de Madame Xanadu que continuava a separar as duas, revertendo assim o feitiço.

13624586_812635875503832_643850494_n.png

Magia carrega consigo grandes poderes e habilidades, afinal, se trata de uma feiticeira que pode manipular energia mágica de qualquer tipo, inclusive mover objetos, além de atravessar paredes, levitação e telecinese. Isso tudo devido a sua sensibilidade humana com a magia, o que também faz com que ela possa se conectar com a magia de outro ser sobrenatural e usá-la, assim como é capaz de encontrar quase todas as criaturas mágicas no Universo DC.

Embora Encantadora não tenha aparecido em nenhum jogo ou animação, ela terá seu primeiro aparecimento diretamente em live-action com a atriz e modelo Cara Delevingne, no filme Esquadrão Suicida em 2016.

Magia (Cara Delevingne)

Revisado por: Bruna Vieira.

LOJA DC 4

Living easy, livin' free. Asking nothing, leave me be. Taking everything in my stride. Don't need reason, don't need rhyme. Ain't nothin' that I’d rather do. Going down, party time. My friends are gonna be there too. I'm on the highway to hell. On the highway to hell.