redcanidswin min

CBLOL 21 | RED Canids surpreende, derrota VORAX e vai a final

Matilha joga bem, aplica 3×1 e elimina a VORAX, e vai enfrentar a RENSGA na final.

Ontem tivemos uma série espetacular entre RENSGA e PaiN Gaming, onde os cowboys levaram a melhor sobre os tradicionais vencendo por 3×2 e garantindo sua vaga na final. E hoje voltamos com a segunda semi final, agora entre RED Canids Kalunga e VORAX Liberty.

A VORAX Liberty sem dúvidas é uma das favoritas ao título da competição. Após perder a final do primeiro split para a PaiN Gaming, os vorazes mantiveram sua line up e continuaram mostrando ser uma das equipes mais fortes do Brasil, terminando a fase de grupos mais uma vez na segunda colocação e tendo atuações sólidas de todos os seus jogadores, com destaque para a dupla Matsukaze e Wos.

Pelo lado da RED Canids Kalunga, os garotos da matilha ficaram com a última vaga da classificação e passaram o campeonato sendo conhecidos por fazerem early games muito bons mas “entregarem” a partida no mid game. Nas quartas de final, porém, o time surpreendeu passando um carreto em cima do Flamengo sem dificuldades, e trazendo também o mid laner Grevthar do academy para o elenco principal.

Na série de hoje, começamos com uma primeira partida onde a RED dominou completamente a VORAX, vencendo sem sofrer abates. Na partida seguinte, os papéis se inverteram e foi a vez da VRX vencer se impondo. Na terceira partida, os Vorazes tomavam conta de tudo, mas a Matilha foi se segurando com atuações espetaculares de Aegis e TitaN, até conseguir uma virada surpreendente. Na quarta partida, a RED Canids foi pra cima desde início, contando principalmente com desempenho de gala de Grevthar, dominando o jogo e carimbando sua passagem para a final.

Confira abaixo o resumo da segunda Semi Final:

VORAX Liberty 0 x 1 RED Canids Kalunga

VRX: Leona – Varus – Ryze – Viego – Gnar
RED: Rakan – Xayah – Syndra – Xin Zhao – Tahn Kench
MVP da Partida: TitaN – Xayah (8/0/4)

A série já começou com tudo, com Yampi sendo abatido dando um facecheck em invade, e o firstblood ficando para TitaN. A equipe da RED seguiu dando ritmo ao jogo, construindo as primeiras jogadas para pegar mais abates e se defendendo perfeitamente das tentativas da VRX. Destaques para Grevthar, que desviava de tudo que a Vorax usava e todos os recursos que gastavam, e para JoJo, que criava jogadas em todo o mapa. A Vorax ia garantindo os objetivos neutros para se manter no jogo.

Porém, como a Matilha era quem pegava os abates, eles iam cada vez mais conseguindo espaço no mapa, começando a coletar dragões também. Partindo para o barão, a RED Canids forçou a Vorax vir para a luta, e com execução perfeita de seus membros, a equipe conseguiu aplicar 3 abates sem perder nenhum jogador, ficando também com o objetivo na sequência.

Com o bônus, a RED avançou pelo meio. Os vorazes se viram obrigados a lutar e tentaram iniciar o confronto, porém mais uma vez a matilha lutou muito bem, e com quadrakill de TitaN, aplicou um novo ace sem perder ninguém, e venceu a partida sem sofrer abates para começar bem a série.

VORAX Liberty 1 x 1 RED Canids Kalunga

VRX: Braum – Varus – Lux – Viego – Kennen
RED: Alistar – Kalista – Syndra – Xin Zhao – Tahn Kench
MVP da Partida: Yampi – Viego (7/1/4)

Com um início de jogo bem maios equilibrado, o firstblood demorou a vir, mas veio para Yampi em skirmish 3×3 na selva da RED, onde o caçador conseguiu abater GUIGO. A primeira grande teamfight explodiu na bot lane, e surpreendentemente ninguém caiu, mas a VRX conseguiu aproveitar o espaço para ficar com o primeiro dragão. No segundo jogo, os vorazes tinham um desempenho bem melhor e controlavam o early game.

O jogo desandou bastante pra RED em nova teamfight na mid lane, onde Yampi brilhou e só não pegou um pentakill porque Krastyel roubou a última kill. com isso, a vantagem de ouro explodiu para 5k. A partir desse momento, a Vorax passou a administrar o jogo, empurrando as rotas com tranquilidade e abrindo cada vez o mapa para ir consolidando sua partida, abrindo inclusive o inibidor do meio. A matilha no máximo conseguia minimizar danos.

Aproveitando sua vantagem, a Vorax partiu para o barão, obrigando a RED a lutar. E conseguindo dois abates na luta, os vorazes partiram para a base adversária, eliminaram as defesas restantes e empataram a série.

VORAX Liberty 1 x 2 RED Canids Kalunga

VRX: Rell – Varus – Sylas – Viego – Kennen
RED: Alistar – Tristana – Kled – Diana – Irellia
MVP da Partida: TitaN – Tristana (7/4/5)

A equipe da Vorax fez uma armadilha cedo para abater Grevthar, com Matsukaze ficando com o abate antes dos 2 min de jogo. Os vorazes mostraram que não iam da espaço, com Yampi gankando o top e dando uma kill para fNb menos de 1 minuto depois. Grevthar mostrou ter ficado bastante rancoroso com o abate sofrido, e invadiu a jungle e solou Yampi, fazendo ser o jogo com o earlygame mais agitado da série até o momento.

Pela primeira vez na série a equipe da RED ia ficando com os objetivos iniciais, mas a Vorax jogava bem e cobrava abates. Quando a primeira grande teamfight explodiu, os vorazes devoraram a matilha, conseguindo um Ace perdendo apenas fNb. A Vorax ia tomando controle da partida, mas a RED não se entregava, e ia equilibrando as lutas sem deixar a vantagem de ouro adversária disparar. Aproveitando uma movimentação errada da matilha, a VRX partiu para o barão e ficou com o objetivo completamente de graça, que foi usado para abrir o inibidor do top.

Com boa atuação de Aegis, a RED ia se segurando e não deixava a Vorax encerrar, e então a partida mudou completamente de cara quando a Matilha conseguiu encaixar uma boa luta em falha de fNb, dando o espaço que precisavam para ficar com o barão e virar o placar de ouro. O jogo foi ficando tenso, e quando a RED iniciou a próxima luta, TitaN ficou livre para bater, definindo a luta e consolidando mais uma vitória na série.

RED Canids Kalunga 3 x 1 VORAX Liberty

RED: Rakan – Xayah – Irellia – Zac – Gwen
VRX: Leona – Ezreal – Syndra – Xin Zhao – Jayce
MVP da Partida: Grevthar – Irellia (9/1/4)

Dessa vez o firstblood veio com menos de 1 min de jogo, com a VRX fazendo armadilha para fNb matar Guigo e já iniciar a rota com vantagem. A primeira grande teamfight explodiu pelo arauto, e quem se deu bem foi a RED, que saiu co 3 abates perdendo apenas Grevthar, e ficando com o objetivo na sequência. A equipe usou o bônus para entregar muito ouro nas mãos de TitaN, derrubando a primeira torre na bot lane.

O jogo foi aos poucos sendo dominado pela matilha, que encaixava lutas perfeitas, principalmente com Grevthar brilhando com sua Irellia, fazendo com que a vantagem de ouro fosse aumentando também aos poucos. Ao mesmo tempo, era visível que o nervosismo dos jogadores da Vorax ia aumentando, que iam cometendo erros pelo mapa e sofrendo pick offs.

Com mais um pick off, agora em cima de Wos, a RED conseguiu o barão de graça. Com o bônus, os jogadores da matilha forçaram mais uma luta, ganharam, e levaram toda a base adversária, garantindo sua classificação na grande final.

O CBLOL volta agora apenas no dia 4 de Setembro, às 13:00, para a grande final entre RENSGA e RED Canids Kalunga, que será presencial no Rio de Janeiro.

Total
1
Shares
Related Posts
Total
1
Share