Connect with us
Avatar

Published

on

O novo CEO da WarnerMedia, Jason Kilar parabenizou o empenho dos fãs para que a versão do Snyder saísse do papel para a HBO Max do filme Liga da Justiça. 

No Twitter o CEO da empresa, que se reporta diretamente a AT&T, parabenizou os fãs e Zack Snyder e disse que os fãs e o artista importam para a visão da WarnerMedia. 

“Eu (e a equipe da WarnerMedia) ficamos tão impressionados – e comovidos – pela paixão exibida pela base de fãs com a #releasethesyndercut. Histórias importam, contadores de histórias importam. Estou emocionado por Zack Snyder e a equipe que trará essa história para todos nós, fãs. Que ótimo dia”

Fala do novo CEO da WarnerMedia parece mostrar que a empresa agora dona da Warner AT&T pretende ter um contato direto com fãs. Os antigos gestores da WarnerMedia, incluindo o ex CEO da Warner Bros. Kevin Tsujihara nem mesmo possuíam um Twitter.

Parece que no final das contas a compra da Warner pela AT&T fez bem a ela. 

Liga da Justiça Zack Snyder chega a HBO Max em algum momento de 2021.

Advertisement
Comments

cinema

Zack Snyder’s Justice League | Orçamento do filme será de 70 milhões

Zack Snyder’s Justice League estreia em 2021 na HBO Max.

Avatar

Published

on

By

Apesar dos relatos iniciais sugerindo o contrário, a versão de Zack Snyder de “Liga da Justiça” chamada de Zack Snyder’s Justice League conterá filmagens totalmente novas. O diretor estará conduzindo uma semana de filmagens adicionais com o elenco principal do filme.

Mas muito mais também do que o dito anteriormente, o The Wrap ressalta que esta versão nova do filme que deve até corrigir o bigode do Superman vai custar bem mais do que os 30 milhões que foram falados.

O site ressalta que o filme Zack Snyder’s Justice League, vai custar em torno de 70 milhões de dólares para cofres da HBO Max, basicamente o filme coloca esta versão como uma visão totalmente nova para a mesma produção de alguns anos atrás.

O Orçamento impressiona se formos analisar, a nível de comparação, Zack Snyder’s Justice League terá um orçamento maior que o primeiro Deadpool que custou em torno de 60 milhões de dólares e um pouco menos que Dunkirk que custou 100 milhões de dólares.

Zack Snyder’s Justice League estreia em 2021 na HBO Max.

Continue Reading

cinema

A Caminho da Lua | Animação da Netflix ganha novo trailer

A coprodução entre China e EUA, A Caminho da Lua, ganhou nesta terça-feira (22) um novo trailer.

Davi Alencar

Published

on

A coprodução entre China e EUA, A Caminho da Lua, ganhou nesta terça-feira (22) um novo trailer. O filme promete trazer grandes doses de representatividade e ganhou uma sinopse junto da prévia.

“Apaixonada pela ciência, Fei Fei constrói uma nave espacial e parte para a lua determinada a comprovar a existência de uma deusa lendária. Chegando lá, ela acaba assumindo uma missão e descobre uma região habitada por criaturas fantásticas. Dirigido por Klen Keane, um grande nome do mundo da animação, e produzido por Gennie Rim e Peilin Chou, A Caminho da Lua é uma divertida aventura musical que revela o poder da imaginação e mostra a importância de seguir em frente diante do inesperado.”

O diretor, Glen Keane, é um animador veterano da Disney. Responsável por filmes como A Pequena Sereia e A Bela e a Fera, ele entra como a principal promessa de A Caminho Da Lua, trazendo algumas referências do seus trabalhos prévios.

O filme também marca uma tentativa da Netflix de tentar simpatizar com o maior número de mercados possíveis. Depois do sucesso de títulos coreanos na plataforma, a nova mira oriental de público parece ser a China.

O longa estreia 23 de outubro na Netflix.

Continue Reading

cinema

Zack Snyder’s Justice League | Elenco original volta para filmar novas cenas

A Liga vai se unir mais uma vez.

Davi Alencar

Published

on

Em outubro, Zack Snyder irá finalmente filmar as cenas que faltam para a sua versão de Liga da Justiça, projeto que ele abandonou em decorrência do falecimento de sua filha. O novo corte é um projeto apadrinhado pela HBO Max que tornará o filme em uma minissérie de 4 episódios para a plataforma de streaming.

Espera-se ver o retorno de Ben Affleck como Batman, Henry Cavill como Superman, Gal Gadot como Mulher Maravilha e o mais polêmico de todos, Ray Fisher como Ciborgue, aparecendo no planejamento para mais ou menos uma semana de gravações, segundo o site The Hollywood Reporter.

O último é digno de nota pois Fisher se encontra em uma luta judicial contra a Warner Bros, que ele acusa de ter permitido que Joss Whedon, diretor que tomou o lugar de Snyder, tivesse uma conduta abusiva nas refilmagens que propôs.

O ator afirma que os dois executivos, agora fora de seus respectivos cargos, Jon Berg e Geoff Johns, permitiram tal comportamento por parte do diretor.

Para Fisher, Liga da Justiça seria o responsável por catapultar sua carreira. Ele passaria de um ator de teatro com participações pontuais em séries de TV teen para um dos astros do DCU, introduzido em Batman V Superman: Origem da Justiça, para ganhar destaque no filme de 2017. Até um filme solo do personagem estava arquitetado para 2020.

Tudo veio à tona em 29 de junho deste ano, quando Fisher publicou que “gostaria de retirar cada pedaço dessa declaração” junto de um vídeo seu elogiando Joss Whedon na Comic Con de 2017.

No dia 1° de julho o ator completou sua fala dizendo que a postura de Whedon foi “rude, abusiva, não profissional e completamente inaceitável”.

Os seus comentários levaram a Warner Media a abrir uma investigação sobre o caso e ele a anunciou dia 20 de agosto. Ele e a companhia debateram sobre sua cooperação, enquanto ator afirmava estar ajudando, a empresa disse que isso não acontecia.

Em 4 de setembro, Fisher tuitou que Hamada, que não tinha nenhuma relação com os responsáveis prévios pelo departamento de filmes, havia tentado depreciar Berg e Whedon em uma tentativa de poupar Johns. O estúdio respondeu afirmando que o ator não estava colaborando com as investigações.

Por sua vez, Fisher postou uma foto de um e-mail dando a entender que ele havia se encontrado com um investigador do caso. Ele completou dizendo que a Warner “escalou isso para um nível completamente diferente”, mas que ele estava “pronto para enfrentar o desafio.”

No dia 14 de setembro, Jason Momoa reacendeu a chama da discussão, publicando no Instagram que “isso deve ser investigado e as pessoas devem ser responsabilizadas.”

Segundo o The Hollywood Reporter, uma pessoa de dentro das gravações descreveu o set das refilmagens de Liga da Justiça por Joss Whedon como extremamente tenso e afirmou que o diretor estava tendo dificuldade com os atores, mas negou qualquer abuso físico ou de outra espécie.

Whedon foi o responsável por descartar a maior parte das cenas do Ciborgue e ele tinha uma postura bem diferente da abertura colaborativa de Snyder. Não ficou claro se Fisher se posicionou na época.

Atualmente o ator está conversando com a Warner sobre uma possível aparição em The Flash, que será gravado ano que vem. Com algumas opções de negociação, tais quais, aparições futuras fora do primeiro filme do velocista.

Fontes dizem que o estúdio ofereceu um acordo para a participação de Fisher em três cenas, mas o lado do ator pediu para que isso fosse dobrado. A Warner recusou e a as negociações já estão paradas por algumas semanas. Com dois lados tão conturbados, é difícil dizer qual o próximo capítulo dessa novela!

Zack Snyder’s Justice League estreia em 2021 na HBO Max.

Continue Reading

Parceiros Editorias