capa complexo do alemão

Creche no Complexo do Alemão funda Clube de Leitura

A equipe pedagógica da Recreação Infantil Estrelinha junto ao livreiro do Alemão, mensalmente distribuem obras que valorizem a cultura negra e o pertencimento geográfico.

A instituição Recreação Infantil Estrelinha , que funciona na área 5, no Complexo do Alemão há 31 anos, funda o clube de leitura “Rosangela Marinho” durante a quarentena. O nome foi uma homenagem à fundadora do projeto.

images.jpeg

         No período de pandemia, as atividades educativas estão suspensas e não foi aderida a metodologia à distância, porque a coordenadora pedagógica entende que a prioridade nesse momento é focar no desenvolvimento seguro das crianças:

 “A minha preocupação maior é proteger as crianças contra o corona vírus, devido a pandemia também nosso foco de trabalho é garantir a alimentação dessas crianças, a higienização e apoio psicológico. A educação à distância não é uma realidade para todos. Muitas das nossas mães não têm celular e internet, como aderir a essa metodologia de trabalho? ”

        

Diante deste cenário, a filha da coordenadora pedagógica, a mestranda em Relações étnico-raciais pelo CEFET- RJ, Carolina Marinho, ficou muito preocupada com a saúde mental das crianças no isolamento social. 

      Neste sentido, a pesquisadora fez um post em suas redes sociais pedindo ajuda de doações de livros e desenhos para colorir. Enquanto o escritor Otávio Júnior, conhecido como o livreiro do Alemão, doou o acervo pessoal contendo 100 livros para que as crianças possam revezar a leitura neste período.

A equipe pedagógica da Recreação Infantil Estrelinha junto ao livreiro do Alemão, mensalmente distribuem obras que valorizem a cultura negra o pertencimento geográfico, já que muitos livros abordam as localidades do Complexo do Alemão e os pontos turísticos da região.

“A literatura pode ser um instrumento para permitir que as crianças negras e faveladas se identifique, assim criando a autoestima para se reconhecer e lutar por uma sociedade antirracista”.

Atualmente, a instituição atende 150 crianças de 0 a 6 anos em situação de vulnerabilidade social. No local, é realizado o trabalho de letramento, atividades para desenvolver a sociabilidade e a psicomotricidade.  Em tempo de crise, a instituição está atendendo 100 famílias com doações periódica de cesta básica, kit de higiene e de roupas. A distribuição é feita de forma segura nas dependências da Estrelinha com horário marcado, afim de evitar aglomerações. No momento, já foram doadas 1000 cestas básicas até novembro.

Conheça um pouco da história :

https://web.facebook.com/watch/?v=309194719669775

Proposta pedágocia através da sala de leitura antirracista: https://medium.com/ag%C3%AAncia-narra/entre-becos-e-vielas-crian%C3%A7as-1353da8e4144

Campanha de combate ao coronavírus: https://www.vozdascomunidades.com.br/coronavirus/creche-no-alemao-vai-receber-doacoes-de-live-promovida-por-coletivo-bar-de-todxs/?fbclid=IwAR1jX4qExfccr-RHLIIvM1VN9lES8RofClLBxlhx5Zlbg7Q5py-pvMfagKE

Total
1
Shares
Related Posts
coiso
Leia

Resenha| Coiso

Essa é a história de uma criança que tinha tudo, mas queria ainda mais.
Total
1
Share