Connect with us

cinema

Crítica – O Rei Leão é “Um grande doc. do Animal Planet, sem expressão”

“Assista o remake pra perceber que ele sozinho ele é só mais um documentário do Animal Planet… com clipes de bichinhos no meio”

Thalita Heiderich

Published

on

O Rei Leão é um remake com animação em altíssima definição e computação gráfica do filme de 1994 que todos nós crescemos assistindo e é sem dúvida uma das melhores produções que a Disney já fez.

O remake é dirigido por Jon Favreau (O Happy, da franquia Marvel nos cinemas) e conta com um super elenco na dublagem, que inclui Donald Glover (Simba), Beyoncé (Nala), Seth Rogen (Pumba), John Oliver (Zazu), entre outros nomes e AH! traz de volta a maravilhosa voz de James Earl Jones (nosso eterno Darth Vader) como Mufasa.

Caso você por alguma razão não conheça a história do filme, trata-se da história de amadurecimento de um filhote de leão, o próximo a assumir a coroa de rei e de sua trajetória pela vida, passando por curiosidade, aprendizado, morte, vergonha, amizade e tomada de responsabilidade. A cena inicial é de arrepiar. Ela é ‘frame-a-frame’ uma cópia em alta CG da versão de 94 e trouxe aplausos à sala em que estive.

A qualidade da animação desse filme é extraordinária. É tanto detalhe e refinamento que parece que você está vendo um casal no estilo National Geographic, ao invés de algo completamente criado em computador. Do reflexo na água, as veias saltando na pele do Mufasa.

Vou abrir aqui um parênteses pra explicar que não consigo escrever essa crítica sem comparar esse filme com o original: Eles são praticamente idênticos em roteiro, então preciso dizer o que me incomodou e talvez seja o grande responsável pelas péssimas notas vindas dos críticos lá de fora: Animais reais não são expressivos. E é isso o que esse filme é, inexpressivo.

O Rei Leão é um show de qualidade visual, sem a essência e a alma do original. Essa história toda de amadurecimento do Simba só é marcante pelo turbilhão de emoções que o filhote passa. Mas a gente não consegue ver isso no rosto dele… na verdade, em nenhum dos personagens. 

O original é repleto de caretas, bicos, choros e muito rostinho emocionado. No remake parece você dublando seu gato. Ele ta fazendo zero reações e você ta rindo sozinho do que imagina que ele está falando.

Existe muita comédia no filme, umas tiradas de piada interna e até um crossover com Bela e a Fera ali no meio (se pegou a referência, surtou que nem eu no cinema).

Timão e Pumba são de longe os personagens mais engraçados e MUITO OBRIGADA SETH ROGEN, por aceitar esse papel… você é hilário. A  gente até releva que os bichos não são tão parecidos com suas versões em 2D, mas eu não consegui relevar e nem me conectar com o que eles falavam, pois eles não aparentavam o que diziam.

Isso fica ainda mais claro nos quadros musicais. Animais reais não dançam e cantam. Esse realismo também tira grandes efeitos visuais que esses quadros musicais tinham no original. Como a pirâmide de animais ao fim de “I Just Can’t Wait to Be King”… ou da fumaça verde tornando Scar ainda mais assustador ao cantar “Be Prepared”.

Realismos a parte… essa filme tem ensinamentos lindos e eu espero realmente que quem não conhece ainda, se apaixone. (Não… pera, você não conhece?? VAI ASSISTIR O ORIGINAL, PESSOA!!!)

No fundo, é só mais um filme pra lucrar com nostalgia e provavelmente será esquecido. Mas não se contentem com essa pouca animação. A grandiosidade desse filme está no material no qual se baseia e por essa razão… ele tocará muitos corações.

Assista o primeiro pra matar a saudade e depois veja o remake para perceber que ele, sozinho, é só mais um documentário do Animal Planet… com clipes de bichinhos no meio.

O Rei Leão estreia dia 18 de julho nos cinemas.

O Rei Leão

6.5

Nota

6.5/10

Pros

  • CG Maravilhoso
  • Abertura do filme
  • Timão e Pumba
  • Zazu piadista

Cons

  • Inexpressividade
  • Cocô da Girafa?
  • Rafiki quase desaparece

Carioca viciada em séries, filmes do drama ao terror gore. Rabiscadora de livros, nerd, míope e ouvinte de podcast com a cabeça na janela do ônibus.

Advertisement
Comments

#OMG

DC e Puma criam um novo tênis inspirado no filme Aves de Rapina

Saem as primeiras imagens do novo tênis da Puma inspirado no filme Aves de Rapina.

Isadora Meneses

Published

on

Falta muito pouco para o lançamento do novo filme da DC e Warner, Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, e as empresas estão investindo fundo na divulgação do longa.

Com isso, a DC fechou uma parceria com a empresa Puma para a criação de um novo tênis edição especial inspirados nos looks da Arlequina em seu novo filme.

Na última quinta-feira, a ilustradora responsável pelo projeto, Jen Bartel, divulgou nas redes sociais as primeiras imagens desse novo produto. Além da caixa completamente estilizada, com o desenho da Margo Robbie como Arlequina, o tênis possui um cadarço inspirado nas faixas de isolamento da polícia, detalhes holográficos, furta cor e um pingente com o desenho do famoso martelo da personagem.

Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa chega aos cinemas no dia 6 de fevereiro.

O Rei Leão

6.5

Nota

6.5/10

Pros

  • CG Maravilhoso
  • Abertura do filme
  • Timão e Pumba
  • Zazu piadista

Cons

  • Inexpressividade
  • Cocô da Girafa?
  • Rafiki quase desaparece
Continue Reading

cinema

Sonic – O Filme | Conheça a música tema do longa

Wiz Khalifa, Ty Dolla $ign, Lil Yatchy e Sueco The Child se juntam no novo single

Daiane de Mário

Published

on

Semanas antes da estreia de um dos lançamentos mais esperados do ano da Paramount Pictures, SONIC – O Filme, as estrelas do hip hop Wiz Khalifa, Ty Dolla $ign, Lil Yatchy e Sueco The Child se uniram em “Speed Me Up“, música tema do longa do ouriço azul.

A canção foi produzida pela produtora Take A Daytrip (Lil Nas X, Big Sean, YBN Cordae) e chega junto com um incrível material visual em que os quatro rappers são transformados em personagens do videogame Sonic. A letra é embalada por um hip hop tradicional dos anos 80 trazendo nostalgia para entrar no clima do lançamento do filme.

‘SONIC – O Filme’ é uma aventura live-action baseada na franquia mundial de vídeo game da Sega que conta a história do ouriço azul mais famoso do mundo. O longa segue as aventuras de Sonic enquanto ele tenta se adaptar à nova vida na Terra com seu novo melhor amigo humano, o policial Tom Wachowski (James Marsden). Sonic e Tom unem forças para tentar impedir que o vilão Dr. Robotnik (Jim Carrey) capture Sonic e use seus poderes para dominar a humanidade.

Dirigido por Jeff Fowler, escrito por Pat Casey e Josh Miller, e produzido por Tim Miller (Deadpool) e Neal H. Moritz (Velozes e Furiosos), além de Toby Ascher, Toru Nakahara, Takeshi Ito, Hajime Satomi, Haruki Satomi, Masanao Maeda e Nan Morales, o filme traz no elenco Jim Carrey, James Marsden, Tika Sumpter e Ben Schwartz, como a voz do Sonic, que no Brasil será dublado por Manolo Rey.

‘SONIC – O Filme’ estreia nos cinemas do Brasil em 13 de fevereiro

O Rei Leão

6.5

Nota

6.5/10

Pros

  • CG Maravilhoso
  • Abertura do filme
  • Timão e Pumba
  • Zazu piadista

Cons

  • Inexpressividade
  • Cocô da Girafa?
  • Rafiki quase desaparece
Continue Reading

cinema

Warner anuncia o início da venda de ingressos para Aves de Rapina

Longa, que estreia em 6 de fevereiro, também terá sessões na noite de quarta-feira, 5 de fevereiro

Daiane de Mário

Published

on

Os ingressos para o aguardado filme Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa) começaram a ser vendidos a partir de ontem, 23 de janeiro. Com estreia marcada para 6 de fevereiro no Brasil, o filme é um conto distorcido narrado pela própria Arlequina, como somente a própria pode contar.

A Warner Bros. Pictures também anunciou que o filme terá sessões especiais na noite do dia 5 de fevereiro, quarta-feira. Mais informações sobre os ingressos e a programação poderão ser obtidas nos sites oficiais das redes de cinema.

Sobre o filme

Você já ouviu aquela da policial, do pássaro que canta, da psicopata e da princesa da máfia? Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa) é um conto distorcido contado pela própria Arlequina, como somente a própria pode contar. Quando o vilão mais narcisista de Gotham, Roman Sionis, e seu zeloso braço direito, Zsasz, têm como alvo uma jovem chamada Cass, a cidade fica de cabeça para baixo procurando por ela. Os caminhos de Arlequina, Caçadora, Canário Negro e Renee Montoya se cruzam e o improvável quarteto não tem escolha a não ser se unir para derrubar Roman.

No filme da Warner Bros. Pictures, Margot Robbie (“Eu, Tonya”) retorna como Arlequina, ao lado de Mary Elizabeth Winstead (“10 Cloverfield Lane”, “Fargo”) como Caçadora; Jurnee Smollett-Bell (série da HBO “True Blood”) como Canário Negro; Rosie Perez (“Fearless”, “A Escolha Perfeita 2”) como Renee Montoya; Chris Messina (“Argo”, série de TV “Objetos Cortantes”) como Victor Zsasz; e Ewan McGregor (“Doutor Sono” e filmes da franquia “Trainspotting”) como Roman Sionis. A novata Ella Jay Basco também estrela como Cassandra “Cass” Cain em seu primeiro filme.

Dirigido por Cathy Yan (“Dead Pig”) a partir do roteiro de Christina Hodson (“Bumblebee”), o filme é baseado nos personagens da DC. Robbie também produziu o longa ao lado de Bryan Unkeless e Sue Kroll. Os produtores executivos são Walter Hamada, Galen Vaisman, Geoff Johns, Hans Ritter e David Ayer.

Previsto para estrear em 6 fevereiro de 2020 nos cinemas brasileiros

O Rei Leão

6.5

Nota

6.5/10

Pros

  • CG Maravilhoso
  • Abertura do filme
  • Timão e Pumba
  • Zazu piadista

Cons

  • Inexpressividade
  • Cocô da Girafa?
  • Rafiki quase desaparece
Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido