Connect with us
clubes lol clubes lol

Games

LoL | Clubes serão removidos do Cliente

“Já que precisaríamos recriar todo esse sistema, nós nos perguntamos: queremos dedicar nossos esforços a isso? O que seria mais importante para os jogadores?” completou a Riot.

Alexia Menezes

Published

on

A Riot Games anunciou nesta quinta-feira (10) que os clubes serão removidos do client do jogo e do app LoL+ em breve. Confira:

Nos últimos anos, as ferramentas para desenvolver, nutrir e gerenciar comunidades cresceram muito. Os desenvolvedores têm tentado conectar jogadores de maneiras inovadoras por décadas. O suporte inicial para chat de texto e voz eventualmente evoluiu para um conjunto de ferramentas com recursos de jogo que permitiam às pessoas se comunicarem em tempo real durante o jogo, transmitir ao vivo em tempo real e combinar um próximo jogo.

“O foco principal de empresas como o Discord é auxiliar na comunicação de comunidades e amigos. Quando comparamos os recursos que o Discord fornece com os que temos nos Clubes (nossa versão de ferramenta para promover a comunicação entre equipes e a inclusão social), a disparidade entre as experiências proporcionadas é enorme. Os Clubes são apenas um recurso entre tantos outros que queremos criar ou atualizar. Com inúmeros recursos disputando nossa atenção, nunca conseguiríamos criar uma ferramenta para a comunidade que se equiparasse ao que as líderes do setor oferecem. Não temos problema em assumir isso. Na verdade, nossa recomendação é que vocês usem e abusem dessas ferramentas ótimas que já estão no mercado!” ressaltou.

Segundo a Riot, a tecnologia usada para criar o clube foi uma fusão de sistemas desenvolvidos internamente e softwares de terceiros, o que parecia muito promissor na época. Infelizmente, os componentes externos não recebem mais suporte total dos desenvolvedores originais, fazendo com que todas as tecnologias enfrentem certos problemas em algum ponto: a obsolescência. “Nossa equipe tem trabalhado muito para resolver o problema, mas hoje apenas adiamos o inevitável. Se o clube permanecer na experiência de League of Legends nos próximos dez anos, teremos que recriá-lo.

“Já que precisaríamos recriar todo esse sistema, nós nos perguntamos: queremos dedicar nossos esforços a isso? O que seria mais importante para os jogadores? Podemos fornecer a melhor experiência possível na área de sistemas sociais? Com o atual nível de inovação na área das ferramentas de gerenciamento de comunidades, está claro que esse não deve ser o nosso foco se quisermos proporcionar a melhor experiência aos jogadores.”

“Acreditamos que devemos nos concentrar em áreas nas quais podemos fornecer experiências de qualidade, tais como: combater comportamentos prejudiciaismelhorar o nosso clientefazer o rework do nosso sistema de itens ou criar novas formas de jogar, como o TFT. Outras pessoas já estão se dedicando ao desenvolvimento de sistemas incríveis de gerenciamento de comunidades. Precisamos melhorar nossos serviços para atender a todos da melhor forma possível.”

Segundo a Riot, “Mencionei o Discord algumas vezes nesse artigo por uma razão específica: acreditamos que ele seja uma excelente alternativa ao sistema de Clubes. Por ter muito mais ferramentas, os membros do seu clube podem transmitir as partidas ou utilizar a tecnologia de supressão de ruídos nos chats de voz. Ele também é atualizado constantemente com novos recursos e funcionalidades. Muito de nós utilizamos o Discord diariamente – não apenas para jogar com os amigos, mas para nos reunirmos e batermos papo antes e depois das partidas. Há diversas ferramentas incríveis por aí, mas o Discord está entre as melhores, na nossa humilde opinião.”

“Por isso, fechamos uma parceria para facilitar essa transição. Assim, todos vocês poderão manter suas comunidades unidas. Temos mais informações para compartilhar nos próximos meses, antes do fechamento oficial dos Clubes. Nosso objetivo é que seja bem simples criar um servidor e compartilhá-lo com os membros dos seus Clubes, e que vocês continuem jogando sem problema algum.” concluiu.

Os clubes serão fechados durante pré-temporada, no fim de 2020.

Redatora, streamer, arquiteta não remunerada, main Xayah e apaixonada por e-sports e League of Legends.

Advertisement
Comments

Games

Cyberpunk 2077 | Especulação de próximo personagem no jogo

A especulação é de que um famoso Streamer esteja no jogo.

Avatar

Published

on

Em 2019 a CD Project Red impressionou e surpreendeu os fãs e a imprensa ao revelar Keanu Reeves como um personagem em Cyberpunk 2077. Se não bastasse, Alanah Pearce foi posteriormente revelada como outro NPC. A CD project fez inúmeras parcerias para deixar o jogo mais imersivo, como a singularidade dos veículos por exemplo.

Mas quem achou que iria parar por aí se enganou, pois essa semana uma “personalidade” da internet brasileira foi revelada como personagem presente, Ozob.  E agora existem fortes especulações que um Streamer famoso estará no game, DR. Disrespect.

A especulação surgiu através de um Tweet feito pelo próprio Streamer, onde o mesmo retweeta um trailer de Cyberpunk 2077 e comenta “Esperem para ver o que estamos planejando. O próximo nível.” 

Dr. Disrespect ainda não foi confirmado como personagem, é apenas especulação até o momento.

Continue Reading

e-Sports

LoL | Bjergsen anuncia aposentadoria

Bjergsen, após 9 anos de carreira e 7 anos de TSM, se aposenta como jogador e vira técnico da equipe.

Avatar

Published

on

Bjergsen

Bjergsen, um dos principais jogadores do cenários internacional de LoL e da história da Team SoloMid, anuncia neste sábado (24), sua aposentadoria após 9 anos de carreira.

É isso mesmo que você leu. A partir do ano que vem, o “Bjerfeson” não pisará mais competitivamente em summoner ‘s rift. Pelo menos não como jogador profissional. Agora, o ex-jogador assume a função de técnico principal da equipe.

O anúncio foi feito em um vídeo de 4:41 de duração, no qual o jogador conta um pouco sobre sua história no jogo e o que esses anos de carreira significaram para ele.

O jogador comenta sobre ser muito grato a tudo que o League of Legends proporcionou a ele, e que quando começou a jogar era um garoto depressivo, e que o jogo era um escape das coisas difíceis pelas quais estava passando na escola, e que a pessoa que se tornou hoje é graças a esse emprego.

Bjergsen ainda comenta que essa era uma decisão na qual ele já estava pensando há muito tempo, principalmente ao longo desse ano, e que não estava relacionada com o desempenho da equipe no mundial, no qual a TSM se despediu sem conseguir vitórias.

Ao longo do vídeo, ele comenta que sendo um jogador em posição de liderança, ele já fazia o trabalho similar ao de um técnico enquanto jogava, então esse já era um projeto paralelo que ele tinha, e que não é como se ele tivesse se aposentado, e sim mudado de posição dentro da equipe.

Bjergsen começou sua carreira na Europa em 2012 na equipe do Western Wolves, equipe pela qual ficou apenas 1 mês e 18 dias antes de ir para a Team-LDLC, time que ficou por tempo similar. Após isso, o jogador foi para a Copenhagen Wolves, ficando por cerca de 6 meses e 13 dias. Por fim, antes de encerrar sua passagem na Europa, o jogador foi para a Ninja in Pyjamas, time pelo qual ficou por mais 5 meses e 11 dias.

O jogador então foi para o NA disputar a LCS e jogar pela Team SoloMid, passando a ser jogador da equipe em Novembro de 2013, se tornando então O Bjergsen da TSM, conquistando 6 títulos da LCS, participando 5 vezes do Worlds e 2 vezes do Mid Season Invitational.

Bjergsen, após 9 anos de carreira e 7 anos de Team SoloMid, se aposenta como jogador e vira técnico da equipe.

Continue Reading

e-Sports

World of Warcraft | Conheça a experiência para novos jogadores

Algumas novidades de Shadowlands já estão funcionando agora no pré-patch.

Avatar

Published

on

wow

A expansão das Terras Sombrias se aproxima, a expansão de Battle for Azeroth está inclusa agora na assinatura básica do jogo. Algumas novidades de Shadowlands já estão funcionando agora no pré-patch.

O Rincão do Exílio é uma área nova e comum para todas as raças e classes, o jogador novo irá fazer seus primeiros 10 níveis. A ilha serve como uma espécie de tutorial, mas não só isso, além de ensinar os novos jogadores os comandos básicos e navegação pelo mundo, ao final da experiência o jogador é colocado para enfrentar uma masmorra e treiná-lo para as próximas no futuro.

É claro, os jogadores mais antigos não precisam passar pelo tutorial se não quiserem.

O método de upgrade de cada raça ainda existe e pode ser jogado para quem não tiver paciência para o Rincão do Exílio.

Shadowlands será lançado até o fim do ano segundo a Blizzard.

Continue Reading

Parceiros Editorias