Connect with us

Livros

Os melhores livros lidos em 2017 pelo Cabana do Leitor

Published

on

LOJA DC 4

Falar sobre os melhores livros do ano, para nós, é muito difícil. Com a quantidade de livros lançados durante o ano de 2017, não conseguimos ler todos, mas podemos falar sobre os livros que lemos e quais deles gostamos mais. Como já mudamos o ano e estamos em 2018, podemos falar com certeza quais foram os livros que toda a equipe do Cabana do Leitor leu e gostou mais. Seja de parceiros ou não.

Editora Chefe de Livros: Cabana do Leitor – Graziele Fontes

Confesse – Collen Hoover (Grupo Editorial Record)

Em meio aos 87 livros que li este ano, posso dizer que foi uma tarefa muito complicada para mim, pois gostei de muitos. Então, precisei por em um potinho e sortear, porque me apaixonei por pelo menos 10 livros que me marcaram bastante e que me fizeram pensar por 1 mês e ainda sentir algo quando lembro da história e dos personagens.

Em Confesse, somos apresentados a Owen e Auburn. Ele, um artista que pinta quadros através de confissões de pessoas anônimas. Ela é uma jovem que acaba de se mudar para o Texas e odeia o seu trabalho como cabeleireira, embora não se encaixe naquele lugar e no seu trabalho, Auburn precisa ficar.

A história poderia ser clichê, mas a autora entra em um tema forte como abuso sobre a mulher e sobre algumas pessoas. Aquela situação que estamos muito familiarizados, mas ninguém faz nada a respeito para mudar isso. No caso de Confesse, vemos um policial abusar de sua farda e o poder que exerce por causa dela.  São tantos fatores importantes citados no livro e mesmo tendo muitos acontecimentos, a história além de seguir tranquilamente sem ir muito rápido ou devagar demais, traz ao leitor sensações extraordinárias. É um drama que capta a realidade de muitas pessoas e, provavelmente, muitas delas  podem se identificar com a história do casal principal. Vale muito a pena a leitura e em breve, traremos a resenha completa do livro aqui para vocês.

A Troca – Cris Santos (Amazon Brasil)

Diferente de Confesse, A troca é uma comédia e não tem o objetivo de te fazer chorar. Donna e Taylor são personagens completamente intensos e os sentimos o tempo todo, mas sempre que os dois estão em cena juntos, esperamos alguma explosão. Pelo menos é essa sensação que temos enquanto lemos a história. Taylor é um ator hollywoodiano e Donna é uma moça normal, que trabalha duro, mas é esquentada como ninguém. O destino faz os dois se conhecerem em uma convenção de fãs. Ela o odiava, estava ali no lugar da irmã gêmea porque queria caçoar de sua gemea depois, mas seu gênio forte e suas provocações para com Taylor os fizeram se aproximar, quer dizer, forçou a aproximação. Taylor precisava dela, sem nem ao menos conhecê-la e ela, ah, ela queria ficar muito longe dele.

A história é narrada de forma divertida e se preparem para rir muito. Tem resenha do livro aqui no site e, em breve, falaremos do livro 2 e 3.

Resenhista do Cabana do Leitor – Francine Colônia

Meu Milagre é Você – Andreia Nascimento (Amazon Brasil)

O livro fala sobre a história de Callie e Rafael. Callie sofre um acidente onde perde seus pais e sua memória. Ela fica dividida em tentar relembrar as suas lembranças ou continuar a sua vida convivendo com o branco na mente. Callie para encontrar algum conforto, ela se dedica a trabalhar com música para seguir com o legado dos seus pais. Por obra do destino a banda Simetria Perfeita ( a banda favorita de Callie) precisa de uma gravadora nova, então ela oferece a sua gravadora para trabalhar com o novo trabalho da banda. Com o tempo ela percebe que há muito mais do que a música une ela ao Rafael (vocalista da banda). Há também uma sensação familiar entre eles dois desde a primeira vez que eles se reverão.

O enredo desse livro é simplesmente encantador. Apesar de ter lido livros maravilhosos no ano de 2017, escolhi esse pela sensação que ele me proporcionou e pelo ensinamento que aprendi com ele. Mas o que ele fez ser o favorito? Bem, como eu disse, queria poder falar de todos os meus favoritos, mas esse me tocou de uma tal forma que acabei o escolhendo. Como sempre, todos os livros que li até hoje da Andreia me fez chorar, sem exceção, trazendo sensações maravilhosas. É um romance que pode mostrar que o tempo pode passar o quanto for, você pode não lembrar mais da pessoa amada, mas que no final o verdadeiro amor sempre vai prevalecer e romper barreiras.

Alriet – Quando o amor acontece. – Grazi Fontes (Editora Anjo)

Esse livro conta uma história linda de Alec e Harriet. Alecsander, um rapaz tímido que tem dificuldade de aproximar de meninas. Harriet, uma menina super destemida e nada tímida, porém é muito solitária pois passou toda a sua infância viajando com seus pais até que ela decide passar um tempo na casa de seus avós. Um encontro inesperado no colégio entre ela e Alec se transformou em uma bela amizade que durou anos. O que eles não poderiam imaginar é que depois de tantos anos essa amizade se transformaria em amor e a dúvida surgiu, pois eles queriam saber se seriam capaz de correr o risco e viver esse grande amor.

O que falar desse livro? Que esse sim é um livro que você tem que guardar no potinho para sempre. Vocês podem achar que é um drama como outro qualquer, mas eu garanto que não e não foi atoa que ele se tornou meu xodozinho. Uma história encantadora onde uma amizade pode sim superar a distância e pode sim nascer um grande e puro amor. Além de uma história maravilhosa, possui o casal mais fofo que vocês podem conhecer. Sou muito suspeita pra falar desse livro, pois todos sabem o amor que tenho por ele.

Jornalista e Resenhista – Rachel Guarino

Extraordinário – R. J. Palacio (Intrínseca)

Em Extraordinário, conhecemos August (Auggie) Pullman, um menino de 10 anos com um rosto, podemos dizer, um pouco diferente dos outros garotos de sua idade, e que, tudo que ele quer, é provar que é uma criança como outra qualquer.

Um livro simples, com uma leitura muito gostosa, que te coloca para dentro da história, junto com o Auggie e de todos que vivem ao seu redor. Um dos melhores livros que já li, pois te coloca dentro dos olhares de cada personagem e que, ao longo da obra, você só sente a vontade de abraçar aquele menino de 10 anos que luta para conquistar seu espaço entre as crianças de sua idade. Apesar desse desejo, o livro não faz o personagem de vítima, pelo contrário, mostra o quanto ele é forte e o quanto uma criança pode ser má, por conta de um preconceito que emerge dentro das pessoas, mesmo que sem querer.  Vale muito a pena a leitura por toda essa mensagem que o livro traz.

Anjo Mecânico – Cassandra Clare (Grupo Galera Record)

Cassandra Clare realmente não desaponta quando o assunto é o mundo dos Shadowhunters. Diferente da saga “Instrumentos Mortais”, Anjo Mecânico traz a temática que já conhecemos dos Caçadores das Sombras, só que no cenário da Londres vitoriana.

Sou grande fã da Cassandra, mas só esse ano tive coragem para começar essa saga, e me pergunto qual o motivo para não ter começado antes. Toda a trama é centrada na personagem de Tessa Gray, eu adoro o fato de ser todo centrado numa protagonista feminina, mostrando seu lado forte e destemido. Os personagens são novos, com características únicas, além de ter os que já conhecemos (só lendo para saber de quem estou falando) e eles parecem realmente existir. O jeito que Cassandra escreve é maravilhoso, te deixa com a sensação de ‘quero mais’. Mal posso esperar para continuar. 

Resenhista e Colunista do Cabana do Leitor – Letícia Sanches

Flores Partidas – Karin Slaughter (HarperCollins)

Em Flores Partidas, temos contato com duas irmãs machucadas pelo passado e um marido assassinado que parece pairar sobre as vidas dos que ficaram. Claire e Lydia foram marcadas profundamente pelo sumiço da irmã, Júlia, e pelo desentendimento entre si devido ao marido(na época namorado) de Claire, quem Lydia denunciou para a família por ter a assediado. No presente Claire se vê confusa com coisas estranhas que ela descobre em sua casa depois de ter testemunhado a morte do marido, e recorre à irmã quando tudo se torna pesado e assustador.

A história é um daqueles suspenses que te faz tremer e contorcer enquanto lê devido às cenas extremamente gráficas e detalhadas que a autora traz para as páginas. Karin não perde a linha do livro em momento nenhum, mantendo a história em um crescente continuo que prende o leitor. Com certeza uma autora que foi uma das mais badaladas da Bienal de 2017 e deve continuar por aqui em 2018.

Mitologia Nórdica – Neil Gaiman (Intrínseca)

Neil Gaiman já se tornou sinônimo de “livro bom” no nosso mundo literário hoje em dia, e com o lançamento deste novo livro em uma edição lindíssima é bem pensada, o autor demonstrou como a mitologia nórdica, a mais nebulosa e pouco conhecida das mitologias, pode ser maravilhosa.

Com histórias reunidas de contos passados de boca a boca há milhares de anos, Gaiman conseguiu dar um toque de magia ao mistério que gira em torno de Odin e Frigga, Thor, Loki e todos os outros personagens da antes pouco conhecida mitologia da qual fazem parte. Este livro vale a pena aos curiosos que sempre tiveram informações desencontradas sobre os deuses e para os que buscam começar a entender desse mundo.

Jornalista, Colunista e Resenhista – Bárbara Allen

Para todos os garotos que já amei – Lara Jean (Intrínseca)

É um livro que vai além das expectativas. É uma história envolvente que cativa o leitor logo no primeiro capítulo. Além disso, é um enredo gostoso é fácil de identificarmos os personagens na vida real, talvez seja por isso que ele se tornou o queridinho dos devoradores de livros em 2017. Sem contar que a autora é uma fofa e transmite também muito dela para a história de Lara Jean.

Caixa de Pássaros – Josh Malerman (Intrínseca)

Josh consegue transportar o leitor para o livro com uma facilidade incrível. Caixa de pássaros é aquele livro que mexe com os sentimentos e as sensações do leitor a todo momento, até mesmo depois da leitura. Fora o fato de ser um thriller que foge dos tradicionais terror com monstros ou cinéticas malucos. É uma ótima história de coragem e determinação misturada com muito suspense e nervoso.

Resenhista – Laís Gregório

Caraval – Stephanie Garber (Novo Conceito)

A leitura de Caraval faz a mente das pessoas mergulharam em uma época circense e cheia de mistérios, não é possível evitar entrar em um monte de armadilhas tornando-o também uma leitura divertida.

Eu Sei onde Você Está – Clare Kendal (Intrínseca)

O livro explora a realidade junto com um suspense de uma mulher que está sendo assediada, o drama deste enredo faz qualquer um sentir na pele a agonia de uma mulher que sofre de tais atos.

 E vocês, quais foram os livros que mais gostaram de ler em 2017? Conte para nós! E, claro, se não conheceu nenhuma dessas histórias aí em cima, não perca a chance de conhecer!

 

 

Cabana Livros
Apaixonados por livros, seja ficção, romance, fantasia, terror e suspense.
Comments