Connect with us

Colunistas

Por que ainda falamos sobre Batman vs Superman: A Origem da Justiça?

Edi

Published

on

LOJA DC 4

* Os textos desta seção não representam necessariamente a opinião deste veículo e são de responsabilidade exclusiva de seu autor.

Eu posso bater no peito e dizer em meu nome, não em nome do site ou do veiculo do Cabana do Leitor (composto atualmente por 19 pessoas), que depois da versão estendida, Batman vs Superman: A Origem da Justiça, foi o melhor filme de heróis já lançado até hoje. Tem uma pessoa que eu gosto particularmente, apesar dele não saber disso (Felipe Fasanella, do canal Triplo F), que sempre diz que falamos demais no CDL sobre Batman vs Superman: A Origem da Justiça, mas aí é que está o problema, não é nós que falamos, é a mídia internacional que fala.

Somos um site de opinião, mas do que necessariamente de notícias, logo procuramos sempre levar até vocês algo que nos parece importante não para impor, mas para debater a respeito, por isso temos um tratamento diferenciado na página, onde não comentamos (raramente acontece) embaixo de alguma declaração contraria ao que publicamos, isso porque tanto o Mikael no canal do CDL no YouTube, tanto o pessoal do site procuramos estabelecer uma relação de debate, nunca de imposição, por isso que muitas vezes você verá um artigo no site onde eu como editor, criador e idealizador do CDL opino de maneira diferente. Um exemplo, Mikael Gama entende que Guerra Civil e Batman vs Superman não poderiam ser comparados, isso em um vídeo no YouTube, eu como editor do site não vejo problemas em comparações, neste mesmo dia foi publicado um artigo de um crítico de cinema onde ele disse que “Guerra Civil foi melhor que Batman vs Superman”, pena que algumas pessoas não entendem que o CDL trabalha com liberdade editorial, mas enfim…

Batman vs Superman: A Origem da Justiça foi um filme feito para fãs, com referências absurdas e, na minha opinião, trouxe uma linguagem filosófica icônica, que talvez só rivalize com Watchmen na linha de filmes baseados em quadrinhos. Quando o filme é ruim ou simplesmente mais do mesmo, vimos, curtimos e esquecemos, um exemplo, por mais que você goste muito de Guerra Civil, poucas coisas lhe sobem a mente para falar (entenda, não estou falando que os filmes da Marvel são esquecíveis), mas como se torna um produto mais do mesmo, logo vimos curtimos e esquecemos. Podemos comparar isso a uma menina ou menino normalzinho na escola ou faculdade, se essa pessoa não se destacar de tal forma na sua aparência ou algo que a/o torne de fato popular, esta pessoa apenas está ali e existe, logo depois de um tempo não vamos nos lembrar dela/e. Batman vs Superman: A Origem da Justiça foge a essa regra. Não me lembro de filme que tenha causado tamanha controvérsia na internet como este.

“A dor agridoce entre os homens é ter conhecimento sem poder, porque isso é um paradoxo…. Obrigado por virem.”

Temos um Lex Luhtor que dizem ser parecido com o Coringa, mas que triste ouvir isso, não me lembro do Coringa citar um dilema de Epicuro, para falar a verdade, lembram do Heath Ledger e seu Coringa quando dizem isso, o que é ainda pior, pois o Coringa do Nolan é do Nolan, ele é um Coringa mais político do que doente, ele é um anarquista que só quer levar o caos, este Coringa saiu mais da cabeça do Nolan do que das HQs, o que se torna um feito notável. Temos no filme um Lex Luthor que dizem ser completamente desequilibrado, o exemplo que relatam para isso é a frase que ele diz, destacada acima, “A dor agridoce entre os homens é ter conhecimento sem poder, porque isso é um paradoxo….”, que pena, pois a frase é perfeita. Tornando Lex perfeito neste filme. Quando surge o Superman na Terra, isso o muda, esta frase o representa, ele até então se sentia poderoso e quando Superman chega ele sente que o seu poder de certa forma foi diminuído, ele tem o conhecimento, mas não tem o poder, e isso é uma coisa que para ele é sem sentido. Nem vou citar sobre o dilema ou paradoxo de Epicuro, “Se Deus é totalmente bom ele não pode ser de todo poderoso, se ele é de todo poderoso, não pode ser de todo bom…”, críticos de cinema estudam artes e não me lembro de algum citar isso como uma coisa tão bem colocada no filme.

Morte do Superman

Batman matador?

 

Batman não é um matador, como pensaram ao ver o filme ou se esforçaram para pensar, Alfred é perfeito na sua colocação “Alguma coisa mudou em você, homens caem do céu, milhões morrem, marcas em criminosos… Assim começa, a febre, a raiva que transforma homens bons em cruéis.” Batman ali era bom, ele combatia o crime, mas depois que o Superman surge, ele se sente ameaçado e completamente fora de controle, passa a matar para conseguir parar o Superman de alguma forma. Batman passa a pensar “é sobre o destino do mundo…”, ou seja, não liga se tiver que matar uns para proteger milhões. E vamos ser sinceros, isso é bem lógico.

Service

Sou fã, quero service!

Superman, soberbo

 

Temos um Superman muito abatido nesse filme, ele começa a ser perseguido pelas pessoas que jurou proteger, a população se volta contra ele, a opinião pública também, mas o que eu não tinha percebido, e agora pude olhar (é controverso eu sei), é que Superman está soberbo nesse filme, ele acha que está acima de tudo. Lois diz para ele “Obrigado por me salvar, mas existe um preço…” Superman não liga para esse preço, assim como Batman, ele acha que os fins justificam os meios, mas com um diferencial, Superman chega até Batman e fala “Considere isso misericórdia…” “Se eu quisesse já teria te matado…” Superman acha que seu poder até então é ilimitado, decidindo quem deve morrer e viver, sem critério ou você acha que o General do deserto ficou vivo depois de ser levado pelo Superman? Essa é a beleza do filme, Superman é uma pessoa comum, mas com poderes ilimitados até então e acha que isso que ele faz deve ser considerado bom, e aos poucos ele vai se perdendo na sua arrogância, e na minha opinião, o filme é feliz porque trabalha com uma narrativa realista. Se de fato existisse um Superman, você acha que ele seria um cara de boa, com poderes incríveis? Ele intimidaria inicialmente, ainda mais se olharmos bem, nada poderia pará-lo, até Lex descobrir a kriptonita. Penso que depois da sua morte, no seu retorno, ele venha a mudar para o Superman clássico.

Marta

O que faria você parar uma briga? Poucas coisas são fortes para isso, mas sua mãe é. Batman não via o Superman como um ser humano, mas como um Alien (um refugiado), um perigo para a humanidade, depois que ele descobre que ele tem uma mãe, percebe que ele era o executor, ele estava matando uma pessoa, não um Alien, mas uma pessoa com família, uma família da terra. Batman ali percebe que ele era o assassino no beco e estava agora com a arma na mão. Poderia falar mais coisas, mas quando a pessoa não quer entender não adianta explicar.

Falei sobre os três personagens principais do filme e as principais críticas a eles. Lembrando que é minha opinião, não uma coisa que seja irrefutável, nenhuma colocação é. No fim, a versão estendida de Batman vs Superman: A Origem da Justiça é uma obra de arte inesquecível.

Edi on FacebookEdi on InstagramEdi on Twitter
Edi
Produtor, escritor nas horas vagas, administrador, editor e fundador do site CDL.
Comments