Connect with us

Livros

Resenha – Mitologia Nórdica

Neil Gaiman reconta os mitos escandinavos desde a origem dos nove mundos até o Ragnarök.

Rodrigo Roddick

Published

on

Mitos são o início do fundamento científico sobre a observação da natureza pelo homem. Era o método utilizado pelas civilizações antigas para tentar responder a grandes questões: “quem criou o universo?”, “qual o sentido da vida?”“existem seres maiores que nós?”. A mitologia então nasceu como modelo para nortear a vida das pessoas e acabou se tornando uma marca cultural de grandes civilizações e povoados. 

Em Mitologia Nórdica encontramos as histórias que configuram e caracterizam a cultura escandinava.

O livro foi lançado pela Intrínseca em 2017 e ganhou uma edição de luxo no ano passado (2018) pela mesma editora. Ele traz um apanhado de mitos dos Eddas – coletâneas de textos que versa sobre a história dos deuses e heróis nórdicos – reunidos e recontados por ninguém menos que Neil Gaiman.

Este autor, muito em alta hoje em dia pelo seriado Deuses Americanos (2018, Amazon Prime), possui uma vasta obra que abrange desde livros e roteiros de Novelas Gráficas a filmes e séries, recebendo por elas inúmeros prêmios. Para citar alguns deles, temos o Hugo (2016), o World Fantasy Fiction (1991) e o Eisner Award for Best Writer (1992, 93 e 94). Neil Gaiman é mundialmente conhecido por sua obra mais famosa Sandman (1989), trabalho em que o público já consegue perceber o quão ele é apaixonado pela mitologia escandinava.

Já que estamos falando do autor, é possível começar a analisar Mitologia Nórdica através de sua escrita. Muitos leitores concordam que as palavras de Gaiman são minuciosamente selecionadas, pois elas chegam até o interlocutor de maneira clara, objetiva e precisa. Além disso, ele consegue estabelecer uma delicadeza mesmo na descrição de cenas agressivas e também consegue conferir sabor às palavras que imprime em suas páginas. Um talento raro e delicioso de experimentar enquanto se lê. O livro possui uma linguagem bem simples, mas ao mesmo tempo, muito profunda.

Apesar de ser uma coletânea de contos já criados e compartilhados ao longo de gerações, Neil Gaiman faz um brilhante trabalho em resumir e recontar estes mitos de maneira primorosa, realizando ao mesmo tempo um recorte muito preciso com o intuito de narrar a mitologia escandinava desde seu início – a origem do mundo – até seu fim – o Ragnarök. 

Diagramação de Mitologia Nórdica com detalhes da cultura escandinava

Os contos funcionam como ilustrações, episódios, de um mesmo universo mitológico e vão tecendo a história, sintetizada e completa, dos deuses Aesir e Vanir. Explicam como foi a origem e quais são os nove mundos, bem como suas características; quais foram as aventuras e peripécias dos deuses e no que elas resultaram; e termina contando os meandros do apocalipse. Gaiman, através das histórias, explora o panteão escandinavo, mas destaca já no início do livro a importância de três deuses: Odin, Thor e Loki.

O motivo disso é a representatividade triangular também encontrada na mitologia celta (povo indo-europeu). Os três deuses formam os pilares estruturais dos mitos nórdicos. Odin é o mais sábio de todos os deuses e conhecedor de artes ocultas, além de ser considerado o pai de todos os homens e deuses, sendo assim classificado como Pai de Todos. Ele representa a sabedoria. Thor é o mais forte e poderoso, logo representa o poder. E Loki é o mais ardiloso e inteligente dentre eles, significando o caos, mas não pejorativamente como um princípio destrutivo, e sim como uma cadeia de eventos imprevisíveis que resultam em algo novo. Este sentido está bem expandido e exemplificado por Neil Gaiman, pois ele coloca Loki como o precursor de situações embaraçosas e, às vezes, perigosas, mas que acabaram beneficiando os deuses. O leitor vai descobrir que muitos elementos importantes desta cultura mítica foram motivados por Loki.

Ele é o personagem que entrelaça todos os contos e que também conclui a mitologia nórdica.

Através do antropomorfismo, Neil Gaiman desenha um modelo construtor de metáforas, ensinando leitores menos experientes a compreendê-las e a fazer uma análise profunda do texto: enxergar além das palavras, ler o conteúdo que não é visto. Esse é o prêmio que o interlocutor ganha ao se banquetear com os deuses em Mitologia Nórdica.

Um livro gostoso de ler, com uma profundidade exponencial e que conta com uma edição muito bem produzida e adornada por símbolos nórdicos. Para completar, a capa acompanha a dureza e beleza do famoso e poderoso martelo de Thor, o Mjölnir

Advertisement
Comments

Resenha

Resenha | Ada Batista, Cientista

O livro faz parte da coleção Jovens Pensadores, que encoraja crianças a descobrirem sua habilidades.

Mylla Martins de Lima

Published

on

Ada Batista, Cientista é um dos quatro livros da coleção Jovens Pensadores, publicada pela editora Intrínseca neste ano. Ela reúne a escrita dinâmica de Andrea Beaty e a divertida ilustração de David Roberts.

Resultado de imagem para ada batista cientista

Ada Batista é uma menina curiosa desde quando aprendeu a andar. Mais importante que andar, era explorar. O livro fala sobre as pequenas primeiras descobertas de Ada, que sempre tem as perguntas na ponta da língua e pais que não conseguem saná-las cem por cento. Através de experiências nem sempre tão boas, mas mesmo assim muito engraçadas, a menina tenta coletar provas para uma possível resposta final de absolutamente tudo.

Resultado de imagem para ada batista cientista

A obra não poderia ser mais especial, já que a origem do nome da protagonista Ada Maria Batista foi uma homenagem a duas mulheres. A primeira é Marie Curie, cientista responsável pela descoberta de dois elementos químicos, além de laureada com o Prêmio Nobel de Química em 1911. Sua pesquisa foi usada como base para a criação do raio X.

A segunda homenageada é Ada Lovelace, uma matemática e escritora inglesa. Hoje, ela é mais conhecida por ser a primeira programadora da história, tendo escrito o primeiro algoritmo para ser processado em uma máquina.

“Desde que a ciência existe e é praticada, as mulheres já eram cientistas. Elas faziam perguntas e buscavam respostas para os segredos do universo. A Terra e as estrelas. As estalactites e os cavalos-marinhos. As geleiras e a gravidade. O cérebro e os buracos negros. Os segredos de todas as coisas”

A série Pequenos Pensadores conta com outros livros como Paulo Roberto, Arquiteto; Sofia Pimenta, futura Presidenta e Rita Bandeira, Engenheira. Todos os títulos, apesar de infantis, conquistam também os corações adultos com sua premissa de que ninguém é pequeno demais para sonhar alto. Não há quem resista a livros que colaboram com o futuro de quem pode revolucionar o mundo. Cheia de lições valiosas para pais e filhos, esse é o presente de Natal mais incrível para uma criança.

“E foi o que fizeram, pois é isso que precisa ser feito quando seu filho tem uma paixão e para ela leva jeito.

Eles reorganizaram seu mundo e, com muito tato, ajudaram Ada a distinguir a ficção do fato .

Ela faz muitas perguntas. É sempre uma nova conquista. E como não fazê-las? É a essência de todo jovem cientista.”

Andrea Beaty compreende seu público e o cativa. Em parceria com David Roberts, detentor de duas medalhas de honra literárias – Carnegie Medal e Kate Greenaway Medal – conseguiram o mais que merecido Goodreads Choice Awards na categoria de Melhor Livro Ilustrado.

Ada Batista, Cientista dá um show de criatividade e beleza, além de ser lúdico, divertido e encorajar o autoconhecimento da criança. É impossível não tornar o livro um dos queridinhos!

Aproveite o que existe de melhor nos pequenos e lembre-se: livro é o melhor presente.

Continue Reading

Livros

Aniversário do Kindle: dispositivo completa 12 anos

E-reader da Amazon revolucionou modo de consumir livros nos últimos tempos.

Gustavo Carvalho Cardoso

Published

on

O Kindle está completando 12 anos como uma plataforma digital para ler milhares de livros a hora que quiser com conforto e praticidade. Além de conquistar o coração dos leitores, ele também evoluiu o mercado literário de forma gradual em mais de uma década. A plataforma revolucionou por ser a leitura mais democrática do globo, além de ser a mais rápida para se adquirir qualquer tipo de livro no catálogo.

O primeiro Kindle foi lançado em 2007 como resultado do problema em se criar um dispositivo funcional. Não demorou muito para que o primeiro protótipo, que era um “tijolão”, evoluir para o que conhecemos hoje, totalmente touchscreen, iluminado e prático. Este ano é o momento da Amazon celebrar as inovações que ela trouxe durante esses 12 anos com o dispositivo.

A primeira grande revolução foi o acesso rápido à leitura. O que antes era burocrático e lento, agora ficou prático e rápido, apagando a distância entre o leitor e o livro. Tudo passou para a palma da mão, tanto no celular e tablet, como nos aparelhos da Amazon. O Kindle surgiu com uma plataforma virtual que é fácil de mexer e é acessível a todos com acesso à internet.

O tamanho compacto do dispositivo também foi uma inovação, pois com ele foi possível levar a leitura para qualquer lugar, sem a dificuldade de ler um livro pesado e denso nem a preocupação de estragá-lo por levá-lo na mochila. O vício em ler nunca foi tão acessível antes.

O medo de não conseguir ler um livro que não está mais sendo impresso também era um grande problema no passado, mas agora tudo está digitalmente no catálogo. É possível encontrar livros tanto de famosos quanto daqueles menos conhecidos, de nicho ou que não tiveram tanto marketing, assim como as histórias dos autores em ascensão.

A plataforma auxiliou novos autores a se consagrarem através de uma ferramenta de autopublicação chama Kidle Direct Publishing. Nela, qualquer autor pode publicar a obra e incluí-la no catálogo da loja gratuitamente. Isso auxilia tanto o autor independente, quanto o leitor que busca novos ares.

Tudo é bastante acessível na plataforma e passa a sensação da leitura de um livro impresso, mas que podemos consumir ao nosso gosto. O controle sobre a iluminação e o tamanho das letras ajudam bastante leitores que tem problema de visão ou que estão cansados por um longo dia de trabalho, além de conferir um ambiente mais pessoal.

Existe um dicionário instantâneo para que o leitor não fique boiando quando se deparar com palavras e vocábulos de outras línguas. Além de percorrer o conteúdo do livro, pode-se aprender outro idioma através da mesma leitura.

Esse pacote de recursos e facilidades tem um preço acessível. O consumidor também pode contar com plano de assinatura Kindle Unlimited. Ele disponibiliza mais de 1 milhão de obras por apenas R$19,90 por mês.

Agora não há mais desculpa para não ler aquele livro que te deu vontade. Experimente o Kindle e diga-nos como foi sua experiência “litera-virtual”.

Continue Reading

Livros

Google Assistente conta história para crianças

O catálogo vai de contos dos Irmãos Grimm até ao rico folclore brasileiro.

Mylla Martins de Lima

Published

on

Agora os pais têm um bom motivo para deixar o celular ou tablet nas mãos das crianças. Desde outubro, o Google Assistente vem disponibilizando ao público, de forma totalmente gratuita, mais de 30 títulos em audiobooks de histórias infantis. Essa campanha foi resultado da parceria entre os aplicativos UBOOK e 12min, junto aos programas Galinha Pintadinha e Zuzubalândia, ambos sucesso entre os pequenos.

Resultado de imagem para criança celular

O catálogo conta com contos clássicos dos Irmãos Grimm, como Cinderella, João e Maria, Os Três Porquinhos, assim como as lendas dos folclore brasileiro; como a sereia Iara, Curupira e Lobisomen. Acabou a desculpa da falta de tempo e cansaço pós trabalho. Com apenas um “Ok Google, me conte uma história”, seu filho terá acesso a um fantástico mundo literário. A ferramenta permite pausar, avançar e retroceder a qualquer momento durante os áudios, que duram em média de 4 a 20 minutos.

Walquíria Saad é a responsável por gerir as parcerias com os produtos Google no Brasil. Ela está muito animada com este projeto que amplia ainda mais o acesso das crianças às histórias, criando o hábito da leitura desde cedo.

”É muito gratificante contar com parceiros de altíssima relevância nacional, para oferecer, de forma gratuita, experiências inovadoras e conteúdos de extrema qualidade no Google Assistente. Espero que as novidades possam tornar alguns momentos de diversão ainda mais especiais para todas as famílias brasileiras”, disse Walquíria.


Essa modalidade de leitura remete ao passado, mesmo que de forma moderna, onde as histórias eram contadas oralmente e passadas através das gerações. Apesar de algo simples, essa atividade contribuía, e ainda contribui, para o melhor desenvolvimento da criança, ainda mais quando é feita em família, pois fortalece o vínculo entre pais e filhos. Além disso, também estimula a criatividade, já que não há a visualização do personagem ou cenário com ilustração, obrigando a criança a imaginar as cenas.

Os audiobooks representam uma nova forma prática de conhecer mais obras em menos tempo. Existem editoras que já apostam nesse formato e se especializaram para o atendimento específico desse público, entregando um produto com alta qualidade de som e temas diversificados às pessoas que têm uma vida corrida, mas que desejam ter tempo para apreciar uma boa história.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido