Connect with us

Livros

RESENHA: Sereia

Avatar

Published

on

22514352

 

Embora Vanessa tenha medo de tudo, ela vive uma vida pacata junto da sua irmã e seus pais. Como todas as férias, eles viajam para Winter Harbor e as duas irmãs passam os dias se divertindo com seus vizinhos: Simon e Caleb.

Infelizmente toda a alegria de Vanessa acaba quando sua irmã morre misteriosamente. Decidida de que Justine não se suicidou, Vanessa volta a Winter Harbor só para descobrir que seu namorado secreto, Caleb, está desaparecido e ele é o único que pode saber algo sobre a noite da morte de sua irmã.

Ao lado de Simon, Vanessa luta para descobrir a verdade, e o pânico aumenta quando outros corpos aparecem na praia, exatamente do mesmo jeito que a irmã, afogados e sorrindo. No meio de todo esse suspense, seu amigo de infância acaba se tornando algo a mais, mas um certo segredo pode acabar com todo esse romance.

Com a confusão de descobrir ser uma sereia, Vanessa tenta conciliar o medo de seu próprio poder, o amor por Simon, a saudade de Justine, e a raiva de seus pais, por terem mentido sobre tudo. Mas o mais aterrorizante é descobrir quem sua irmã realmente era, Justine não confiava nela tanto assim e quanto mais Vanessa investiga, mais segredos vêm à tona. Sem conseguir contar suas descobertas para ninguém, nem mesmo Simon, Vanessa lida com todo esse peso sozinha, mas isso não vai impedi-la de pegar o responsável pela morte de sua irmã e nem de encontrar Caleb.

 

22514352   ISBN: 8576861089
Ano: 2011 / Páginas: 306
Autor: Tricia Rayburn
Editora: Verus Editora

Vulgo Patinha, é a versão sarcástica da Branca de Neve. Uma estudante de propaganda e marketing (futura redatora!) que gosta de se aventurar no mundo da gastronomia. Respira músicas e livros, uma ratinha de biblioteca que vive passeando em museus. Cheia de filosofia, complicada e contraditória, no fundo é só um espírito livre seguindo a maré e que sempre acaba entulhando a casa com mais um souvenir de viagem.

Advertisement
Comments

Livros

Prêmio AEILIJ abre inscrições para 2021

O prazo dessas inscrições termina dia 15 de janeiro.

Gustavo Carvalho Cardoso

Published

on

A Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil, a AEILIJ, abre inscrições para o prêmio anual de melhor literatura infantil e juvenil.

Adorável jovem lendo um livro | Foto Grátis

Até o dia 15 de janeiro, escritores e ilustradores brasileiros ou residentes no país, maiores de 18 anos, que tenham suas obras publicadas em primeira edição nos anos de 2019 e 2020, podem participar da premiação. As categorias concorrentes são: Texto Literário Infantil, Texto Literário Juvenil, Adaptação ou Reconto e Conjunto de Ilustrações. Livros com mais de dois autores ou mais de um ilustrador não serão aceitos.

Os vencedores de cada divisão receberão um selo de excelência e um troféu, ambos entregues em um evento comemorativo. O prêmio é uma ótima oportunidade de conseguir reconhecimento e aumentar o portfólio literário de autores que iniciaram seus trabalhos nos últimos 2 anos, abrindo portas para novas iniciativas de trabalho e conseguindo renome.

A data da cerimônia de entrega da premiação ainda não foi revelada.

Continue Reading

HQs

Resenha | O Corvo

O trabalho soa como uma parceria de Leander Moura com o eterno Edgar Allan Poe.

Paulo H. S. Pirasol

Published

on

capa da resenha o corvo

Edgar Allan Poe, nascido em Boston em 1809, tornou-se um dos maiores nomes da literatura gótica. Seu poema O corvo foi publicado pela primeira vez em 1845, no New York Evening Mirror. O poema ganhou traduções de grandes nomes da literatura, como Baudelaire, Fernando Pessoa e Machado de Assis. A versão de Leander Moura, antes publicada de forma independente, ganha força com sua segunda versão em 2019, deluxe, pela Diário Macabro.

O Corvo capa

Leander Moura é quadrinista, ilustrador e licenciado em artes visuais pela UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), já pintou a capa do livro O Rei de Amarelo de Robert. W. Chambers, illustrou o livro O Mundo Sombrio – histórias do mito de Cthulhu por Robert E. Howard, entre outros. A edição de O Corvo conta com uma série de ilustrações de outros poemas e contos do autor.

A preocupação do artista está em estetizar o horror que o poema causa ao leitor com sua história. O corvo conta sobre um homem perturbado com a visita do bicho no meio da noite, cuja ação é se comunicar com ele, afligindo-o psicologicamente a respeito de um trauma relacionado à morte de uma mulher, Lenore.

O homem vive em um local onde a morte é a primeira referência, ainda assim ele tem dificuldades para lembrar da tragédia que ocorrera à Lenore, um sentimento que fora ofuscado devido a um grau de afetividade com a personagem falecida. A chegada do Corvo assusta tanto o homem quanto seus fantasmas, lhe fazendo lembrar da atual dor de sua alma.

o corvo outra página

A arte da HQ consegue fazer jus à delicadeza do terror psicológico criando uma estética orquestral da obra. Sendo honesta em todos os detalhes visuais, não trazendo nada que não tenha significado, tudo é tão competente quanto a composição do tema. O preto e branco deu um polimento para medir o obscuro em contraste do destaque detalhado de expressões características dos movimentos e intenções dos personagem. O trabalho soa como uma parceria de Leander Moura com o eterno Edgar Allan Poe, em que o autor do poema transmite em suas palavras um conto que recebe ainda mais sentido com o ritmo de tempo estabelecido pelos quadros de Leander Moura.

o corvo página

“E o corvo aí fica; ei-lo trepado no branco mármore lavrado da antiga palas; ei-lo imutável, ferrenho.”

Após um fim reflexivo da obra, há um extra mostrando o processo criativo da primeira versão, que havia sido publicada de forma independente no início de 2019, além das artes dos demais trabalhos.

É uma expressão visualmente belíssima da clássica perturbação de O Corvo.

Continue Reading

Livros

Feira Internacional do Livro de Sharjah tem edição híbrida em 2020

O evento terá sua programação cultural de forma digital e sua exposição de livro física.

Paulo H. S. Pirasol

Published

on

capa feira do livro Sharjah

Entre os dias 4 e 14 de novembro, a terceira maior feira do livro do mundo, situada dentro dos Emirados Árabes Unidos, abre suas portas com temática O mundo lê a partir de Sharjah.

O evento acontecerá de forma totalmente digital, enquanto as editoras terão uma exposição física no Expo Center Sharjah, segundo os organizadores — para que os leitores possam continuar a desfrutar da experiência pessoal de vasculhar e comprar livros e explorar a leitura. A feira aderirá a todos os protocolos globais de saúde e segurança.

“Acreditamos que as atividades culturais não devem parar mesmo em circunstâncias desafiadoras, e enriquecer a vida das pessoas por meio da leitura, alfabetização e conhecimento é um fator chave para o desenvolvimento social e prosperidade”.

Presidente da sharjah book authority, ahmed bin rakkad al ameri

O tema deste ano se compromete a seguir o legado cultural proposto pelo Sheik de Sharjah, Dr. Sultan bin Muhammad Al Qaisimi, que seria “construir um presente brilhante e um futuro promissor para as novas gerações, promovendo conhecimento e ampliando horizontes por meio da leitura”.

Os detalhes da programação ainda não foram atualizados pelo site oficial.

Continue Reading

Parceiros Editorias