Connect with us
superman superman

HQs

Superman luta contra o Superboy em nova HQ [SPOILERS]

Avatar

Published

on

AVISO: O artigo a seguir contém spoilers de Green Lantern: Blackstars, de Grant Morrison, Xermanico, Steve Oliff e Steve Wands, à venda em 29 de janeiro.

Depois de doze edições, o Lanterna Verde de Grant Morrison e Liam Sharp viram Mu e os Blackstars reescreverem a realidade usando a Máquina Milagrosa. Isso levou a Green Lantern: Blackstars, que colocou Hal Jordan / Parallax contra seus aliados na Terra enquanto o grupo-título tenta subjugar o planeta em sua busca distorcida para trazer paz ao universo.

Talvez não exista nenhum herói que Hal tenha se irritado mais do que Clark Kent (Superman), cujo filho, Jon Kent, se juntou aos Blackstars. O ato, que ocorreu em Green Lantern: Blackstars #2, efetivamente iniciou uma guerra entre os Blackstars e a Liga da Justiça. Agora, a prévia de Green Lantern: Blackstars #3 revelou a batalha de abertura nessa guerra.

Superman ataca a sede dos Blackstars, acreditando que seu filho foi capturado. Quando isso acontece, os heróis da Terra enfrentam as Estrelas Negras do lado de fora. Jon diz a seu pai que ele de fato fez a escolha de se juntar ao grupo, o que resulta no Kent mais novo explodindo em seu pai. Os dois então lutam no espaço.

Durante a batalha, Jon provoca o pai, dizendo: “Você odeia seus filhos! Você nos detém! Você nos derruba! Você nos diz que não há futuro! Mas é só você. Você é quem não tem futuro!”

Superman

Enquanto os Blackstars são definitivamente formidáveis, a Terra tem muitos heróis poderosos que podem acabar com o time. No entanto, não há nenhum consistentemente mais forte que o Super-Homem, que provou repetidamente que é capaz de derrotar até os inimigos mais temíveis.

Trazer Jon Kent para o redil é uma maneira muito boa para os Blackstars aumentarem a quantidade de músculo que eles têm e tornar possível a tomada da Terra. Sozinho, Jon poderia enfrentar muitos heróis da Terra, pois sua herança kryptoniana o torna bastante formidável.

Mesmo se ele não derrotar o Super-Homem, ele ainda é forte o suficiente para que ele possa muito provavelmente levar a batalha deles para um estado parado por tempo suficiente para permitir que os Blackstars executem seus planos.

Além disso, a falta de vontade do Super-Homem em prejudicar seu filho significa que ele provavelmente não estará lutando com toda sua força. Superboy contra Superman certamente será uma batalha campal e, não importa quem vença, a Terra perde.

fonte: cbr

Fã de monstros gigantes a deuses antigos "That is not dead which can eternal lie, And with strange aeons even death may die."

Advertisement
Comments

HQs

DC Comics lança quadrinho digital de Raised By Wolves

Nova série da HBO ganha HQ digital pela DC Comics.

Avatar

Published

on

A DC Comics, em parceria com a HBO Max, lançou hoje (21) um quadrinho digital da nova série intitulada Raised By Wolves. A primeira edição tem apenas 8 páginas.

A equipe criativa conta com o escritor Aaron Guzikowski (escritor da série), a artista Meghan Hetrick (Batman: Gotham Nights) e o colorista Nick Filardi (Adventures of Superman).

Sinopse

Enviados em uma missão de uma Terra destruída, dois andróides aumentam a esperança da humanidade para o futuro em um planeta distante. Mas os monstros que os forçaram a partir ainda assombram esta nova casa…

Confira abaixo a prévia abaixo:

Raised by Wolves é a nova série de ficção científica americana criada por Aaron Guzikowski, que estreou neste mês de setembro na HBO Max. O elenco conta com Amanda Collin, Abubakar Salim, Winta McGrath, Niamh Algar, dentre outros atores.

O quadrinho Raised by Wolves está disponível gratuitamente pelo site oficial da DC Comics.

Continue Reading

HQs

Revelada prévia de Power Rangers: Drakkon New Dawn #2

Prévia mostra um novo Ranger desconhecido.

Avatar

Published

on

BOOM! Studios revelou a prévia da segunda edição de Power Rangers: Drakkon New Dawn. A minissérie terá, no total, três edições.

A edição contará com o escritor Anthony Burch, artista Simone Ragazzoni e colorisa Raúl Angulo. A capa principal será do Jung-Geun Yoon e variantes de Goñi Montes e Mirka Andolfo.

Sinopse

Ainda se recuperando da chocante descoberta realizada no coração da torre da prisão de Drakkon, Deadlock, Kimberly, sem saber, aciona a falha final de Drakkon, enviando uma mensagem para o espaço que acabará por colocar Kimberly cara a cara com um inimigo, ainda mais poderoso que o próprio Lord Drakkon. O Ranger desconhecido que ela libertou vai ajudá-la – ou ficar contra ela? E quem exatamente está escondido atrás da máscara?”

Confira a prévia abaixo:

Capa principal
Capa variante de Goñi Montes

Power Rangers: Drakkon New Dawn #2 está previsto para lançar no dia 23 de setembro.

Continue Reading

HQs

Resenha | Bojeffries: A Saga

Preparem-se para uma diferente e surpreendente obra de Alan Moore e Steve Parkhouse.

Jacqueline Cristina

Published

on

Alan Moore, escritor britânico mundialmente conhecido por suas obras na nona arte, como V de Vingança, que teve uma adaptação cinematográfica lançada em 2005, e Watchmen, o qual teve um filme dirigido por Zack Snyder, estreado em 2009, assim como uma série produzida pela HBO, de mesmo nome em 2019, teve uma narrativa inédita lançada pela Devir, que marca sua parceria com o artista Steve Parkhouse.

Atenção: Os parágrafos a seguir podem conter spoilers.

Naturalmente, que apesar de o título ser inédito para os fãs brasileiros, o mesmo teve sua estreia em terra estrangeiras, em meados de 1983, no qual as histórias foram publicadas de maneira branda em inúmeras revistas, de modo que perdurou quase uma década; até que resolveram unir todas as aventuras produzidas em um único livro.  

É evidente, logo em suas primeiras páginas, que Moore e Parkhouse não poderiam ser mais atuais nesta narrativa que aborda de maneira ácida e cômica, os problemas cotidianos familiares que poderiam ser enfrentados por qualquer um, seja normal ou enigmático.

Há também o fato de que em seu desenrolar, o leitor se vê envolvido em uma história que supera as expectativas do risível, uma vez que exibe através de suas ilustrações pragmáticas e de sua escrita objetiva, temas importantes como o feminismo, machismo e até mesmo o preconceito.

Portanto, mesmo em tons melancólicos e lívidos, “Bojeffries: A Saga” é um título que apesar de seu lançamento “tardio” em terras brasileiras, ele é mais atual do que nunca em trazer para os leitores assuntos cruciais para o âmbito social, sem contar os sentimentos de cada membro da família, que podem ser identificados em grande parte de grupos familiares pelo mundo.  

Bojeffries: A Saga, publicação da Devir se encontra a venda no site da Amazon.

Continue Reading

Parceiros Editorias