Connect with us

Livros

Semana Especial Tartarugas Até Lá Embaixo | Vamos falar sobre o TOC?

LOJA DC 4

Como citado algumas (muitas) vezes, Aza Holmes é uma adolescente que sofre de T.O.C. (transtorno obsessivo compulsivo), ela vive muito tempo alheia ao mundo ao seu redor, tudo porque seu cérebro vive imerso aos pensamentos (totalmente destrutivos a ela). A escrita de John Green é totalmente realista e a história tem um toque totalmente pessoal do autor. Para quem não sabe, John Green sofreu de transtorno obsessivo compulsivo (T.O.C.) na infância e adolescência, na verdade ele ainda sofre, mas hoje o autor tem mais experiência e faz tratamento para conseguir controlar seus pensamentos até hoje. Ele falou um pouco sobre isso em sua entrevista a veja, confira!

T.O.C. é um assunto muito sério e por isso decidi falar sobre ele com vocês hoje e explicar algumas coisas que acontecem tanto na história quanto na vida real.

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é um transtorno comum, crônico e duradouro. É caracterizado pela presença de obsessões e/ou compulsões. Obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes e persistentes que são vivenciados como intrusivos e indesejados. Compulsões são comportamentos repetitivos ou atos mentais em que um indivíduo se sente compelido a executar em resposta a uma obsessão ou de acordo com regras que devem ser aplicadas rigidamente.

O Transtorno Obsessivo Compulsivo é considerado uma doença mental grave. Ela está entre as dez maiores causas de incapacitação, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Estima-se que cerca de 4 milhões de brasileiros sofram com a doença.

Sintomas e Sinais

Pessoas com Transtorno Obsessivo Compulsivo podem ter sintomas de obsessões, compulsões ou ambos. Esses sintomas podem interferir em todos os aspectos da vida, como trabalho, escola e relacionamentos pessoais.

Os sintomas do TOC envolvem alterações do comportamento (rituais ou compulsões, repetições, evitações), dos pensamentos (preocupações excessivas, dúvidas, pensamentos de conteúdo impróprio ou “ruim”, obsessões) e das emoções (medo, desconforto, aflição, culpa, depressão).  Portadores da doença sofrem de muitos medos, como por exemplo o  de contrair doenças ou cometer alguma falha. Em virtude desses medos, evitam as situações que possam provocá-los – comportamento chamado de evitação. As evitações, embora não específicas do TOC, são, em grande parte, as responsáveis pelas limitações que o transtorno acarreta.

Em Tartarugas Até Lá Embaixo (farei spoiler, desculpe-me), Aza sofre um acidente e, enquanto está internada e imersas em seus pensamentos que, a cada dia, a dominam mais, ela quase mata a si mesma por causa de seus pensamentos, mesmo sabendo que o antisséptico não mataria o Clostridium difficile (bactéria pela qual Aza é obcecada na história) que, em sua mente, estava penetrando em seu organismo, mas ela engole o gel e quase se mata com isso, mesmo enquanto brigava consigo mesma em pensamento, tentando ganhar essa briga e ter o controle.

Pessoas com Transtorno Obsessivo Compulsivo têm sintomas muito comuns a:

  • Medo de germes ou qualquer tipo de contaminação;
  • Se preocupa obsessivamente com limpeza;
  • Costumam verificar inúmeras vezes, antes de sair de casa, se fechou o gás, as janelas, portas entre outras coisas. No Caso de Aza em Tartarugas até Lá Embaixo, ela constantemente fica em dúvida se trocou o band-aid, pois é um hábito da personagem em momentos de crises (que acontece frequentemente) de ela cortar o dedo para tentar aliviar a pressão dos pensamentos quando está ansiosa e nervosa, e então, ela sempre se pergunta se aquele band-aid é velho ou novo e seus pensamentos começam a ficar em conflitos novamente.

Por isso que precisamos falar mais sobre isso. Algumas pessoas têm o hábito de julgar sem se informar e acreditam piamente que este tipo de doença é uma maneira de chamar atenção e não é verdade, essas pessoas precisam de ajuda, nossa ajuda, com a Aza tem o apoio de sua mãe e da melhor amiga. Com certeza, esse apoio pode ajudar a salvar uma vida, como a de Aza em Tartarugas Até Lá Embaixo.

FONTE: Vittude

LOJA DC 4

Escritora e devoradora de livros seja ficção, comédia, fantasia e muitos outros gêneros, o importante é a história prender sua atenção.

Comments