Connect with us

HQs

X-Men: Powers of X indica quanto tempo os mutantes estão na ativa

Nova saga pode introduzir o tempo real de existência dos heróis nas HQs.

Daiane de Mário

Published

on

A reinvenção de Jonathan Hickman da franquia X-Men continua com o lançamento de Powers of X #01, e se você esperava que a companheira de House of X #01 fosse um pouco mais leve que sua antecessora, você estava completamente errado. A edição (literalmente) aumenta o escopo da história de Hickman em graus exponenciais e, ao fazê-lo, confirma uma parte crucial da matemática em relação a quanto tempo a saga dos X-Men está sendo executada.

Esteja avisado: SPOILERS sobre Powers of X #01 a seguir!

O primeiro capítulo da saga estabelece quatro períodos de tempo separados que a história aparentemente cobrirá. A primeira é a época da juventude de Charles Xavier, quando ele tem a ideia de criar os X-Men. De lá, a trama salta por expoentes de dez anos, criando as três outras épocas que serão abordadas na HQ: os X-Men da atualidade; uma nova visão do futuro distópico visto em “Dias do Futuro Esquecido“; e uma nova era em um futuro ainda mais distante, onde um ser misterioso, denominado The Librarian, está tentando restaurar a população mutante dizimada por meio de uma consciência coletiva de mutantes criada por Nimrod.

Embora certamente haja muito a ser descompactado em cada um desses quatro períodos introduzidos, o destaque imediato é sem dúvida a chamada era , que é descrita como o ‘Ano 10’ dos X-Men.

Isso mostra que, na versão de Hickman da linha do tempo da equipe, todas as sagas dos mutantes até hoje contadas nos quadrinhos – que se estende de 1963 a 2019 – apenas equivale a dez anos de tempo que passaram no Universo Marvel.

Isso é tudo para dizer: ‘Ano 10’ pode não ser de fato o período de tempo em que os X-Men estão ativos, mas sim por quanto tempo os clones mutantes de Sinistro foram colocados no mundo. Mas até que essa reviravolta seja revelada em edições posteriores, precisamos considerar a matemática de Hickman como real.

Powers of X ainda não tem previsão de lançamento no Brasil.

professora de História, mãe em tempo integral e amante de tudo que envolve super heróis, desde chaveiros até filosofia! Fã incondicional da Mulher Maravilha e Sandman, mesmo sendo DcNauta criou um filho Marvete.

Advertisement
Comments

HQs

Death Metal revela que Wally West falhou

Dark Nights: Death Metal confirma o fracasso de Wally na missão mais importante da sua vida.

Avatar

Published

on

O evento Dark Nights: Death Metal confirmou que a tentativa de Wally de fazer uma odisseia para salvar toda a realidade da influência do Multiverso das trevas terminaria em fracasso.

A partir deste ponto, esta matéria conterá spoilers.

Enquanto estava no Santuário de reabilitação de heróis, uma explosão emocional fez Wally, sem querer, libera uma gigante energia da Força de Aceleração, matando os outros ocupantes da instalação. Após o acontecido, Wally decidiu se recluir até ser recrutado, contra a sua vontade, pelo onipotente Tempus Fuginaut para uma nova missão. 

Depois de dar a Wally um impulso de velocidade para atravessar mundos, Tempus encarregou o super-herói speedster de expurgar a energia do Multiverso Negro dos mundos afetados. Essa aventura de passar por vários universos aconteceu durante a minissérie Flash Forward.

No fim da minissérie, ao sentar-se no Trono Mobius, Wally é impulsionado por ele e pela energia residual deixada por Manhattan, dando ao herói uma consciência cósmica que supera a de Tempus. Isso fez com que ele percebesse que o Manhattan apenas “deu um jeitinho” na realidade, ao invés de repará-la, então Wally decide consertar o Multiverso.

Wally viaja no tempo, pelo Universo DC, apenas para encontrar o Batman que Ri, já que o mesmo está corrompendo a realidade com sua energia do Multiverso Negro. Em Liga da Justiça é mostrado a aliança de Perpetua com o Batman que Ri, para que assim reinem e reescrevam o Multiverso.

Só que é ai que a notícia ruim entra. Em Death Metal, o Multiverso das Trevas já conseguiu invadir e corromper a realidade, mesmo com a tentativa de Wally e Tempus. Mostrando que, mesmo com seu aumento absurdo de poder, a missão foi um fracasso. O herói não conseguiu parar o Batman que Ri.

Dark Nights: Death Metal # 1 já está disponível na DC Comics. Até o momento da matéria, não dá data para sua tradução em português.

Continue Reading

HQs

Prévia de The Rise of Ultraman é revelada

Comemore o dia do Ultraman com esta prévia repleta de novidades!

Avatar

Published

on

Em homenagem ao Ultraman Day (Dia do Ultraman), pela celebração da primeira aparição pública do Ultraman na televisão em 1966, a Marvel Comics revela a prévia tão esperada de The Rise of Ultraman #1.

A equipe criativa conta com os escritores Kyle Higgins (Power Rangers, Soldado Invernal) e Mat Groom (Self/Made) e os artistas Francesco Manna (Vingadores), Michael Cho (Capitão América) e Gurihiru (Vespa). Já a capa é do lendário Alex Ross.

Confira a prévia liberada pela Marvel Comics:

Capa da segunda edição.

“Ultraman, e seus Ultra-irmãos, tem inspirado e emocionado pessoas por todo o mundo, por metade de um século. Nós estamos honrados de ter a oportunidade de adicionar um fio único à grande tapeçaria Ultraman – aproveitando tudo o que veio antes, para criar algo diferente de tudo. Rostos familiares, assumindo novos papéis. Ideias familiares, mas com novas mudanças. Estamos fazendo o possível para garantir que os fãs de Ultraman vejam os elementos que eles conhecem e amam – mas também para garantir que esses mesmos fãs nunca serão capazes de adivinhar o que vem a seguir, a cada passo.”, disse os escritores.

Capa variante de Adi Granov.
Capa variante de Ed McGuinness

Quer conferir as capas variantes das futuras edições? A Marvel Comics disponibilizou uma galeria repleta delas. Para ver é só clicar aqui.

The Rise of Ultraman #1 está marcado para lançar no dia 9 de setembro. Até o momento desta matéria, não há data para sua versão em português.

Continue Reading

HQs

DCeased: Dead Planet #2 – A morte espreita em cada canto

Novas surpresas estão por vir na segunda edição de DCeased: Dead Planet.

Jacqueline Cristina

Published

on

A sequência de DCeased: Dead Planet (Planeta Morto, em tradução livre) está pronta! Com A Liga da Justiça presa na Terra, os heróis descobrem que há vida ainda neste planeta morto! A sobrevivência é precária, no entanto, com bilhões de infectados ainda vagando pela superfície, a morte está em cada esquina.

Mas, não é só com os “zumbis” que nossos heróis têm que se preocupar, porque John Constantine, o Monstro do Pântano e Zatanna estão prestes a descobrir outro mal crescendo no planeta.

Confira abaixo algumas imagens divulgadas da edição:

DCeased: Dead Planet #2, escrito por Tom Taylor, com arte de Trevor Hairsine, Gigi Baldissini, Rain Beredo e Saida Temofonte chega às prateleiras dos EUA no dia 4 de agosto, com uma capa principal de David Finch, uma capa variante de Francesco Mattina e outra capa, com uma homenagem feita por Ben Oliver.

Continue Reading

Parceiros Editorias