Connect with us
mit coach mit coach

eSports

LoL | MiT solta “nota de esclarecimento” eufemística

Em nota confusa, MiT parece tentar atenuar relatos junto a um “pedido de desculpas”.

Publicado há

em

Aviso: O material desta matéria pode ser gatilho, por conter palavras e contexto pesado.

Após ser acusado de estupro, Gabriel “MiT” Souza, ex-técnico em grandes organizações, e ex-caster do Circuito Desafiante, lançou uma “nota de esclarecimento” sobre o caso.

Em nota, Gabriel ‘MiT’ Souza, comenta que antes não sabia como lidar com o assunto e que, apesar de não negar os ocorridos, não compactua com os mesmos. Porém, com pelo menos 5 pessoas diferentes relatando sobre os abusos, a nota de MiT chama a atenção por não nomear seus atos nem como estupro, nem como assédio, comentando apenas “se sentir envergonhado de ter machucado alguém tão profundamente” e que não tinha intenção de fazer mal a ninguém, atenuando-os como um simples erro.

O ex-caster ainda começa seu texto com a afirmação de que era uma pessoa imatura “há anos”, dando a entender que foram todos acontecimentos do passado, e que vem se preocupando em melhorar ao longo do tempo, segundo ele “A evolução é um processo lento, constante e não repentino”. Dentro dos casos revelados, pelo menos duas vítimas diferentes trazem a informação de casos que ocorreram no começo de 2020.

A Riot Games também já informou que MiT não fará parte de sua equipe de Casters para os campeonatos de 2021.

Abaixo estarão linkados todos os posts das vítimas relatando sobre o caso:

https://twitter.com/gabsayshi/status/1346591839877525504

Em pronunciamento sobre o caso, MiT afirma não ter tido interesse em causar mal a ninguém, porém evita nomear seus atos e trata como se fossem histórias muito antigas.

Comments