Connect with us
Avatar

Published

on

Como o embargo para Residente Evil 3 Remake caiu hoje, as notas da imprensa americana começaram a ser publicadas pelos meios de comunicação.

Recebendo uma nota muito boa até agora, o novo jogo da Capcom vem criando espectativas boas para o grande público que aguarda o lançamento oficial dia 03 de abril.

Confira abaixo as notas dos principais portais até agora:

  • Metacritic: 80
  • IGN 9/10
  • GameSpot 6/10
  • OpenCritic 81

Gamer de final de semana e colecionadora de HQ's, boardgames e consoles. Como passatempo, gosta de ler Sthepen King para seus filhos felinos.

Advertisement
Comments

Games

Arquivos salvos de Marvel’s Spiderman no PS4 não serão transferidos para o PS5

Será necessário começar a campanha do zero

Avatar

Published

on

A Insomniac Games confirmou que os saves do Marvel’s Spiderman do PS4 não estarão no PS5, sendo necessário começar a campanha do zero no novo console.

Durante o Playstation Showcase, a Sony revelou que o game do cabeça de teia receberá uma versão remasterizada Playstation 5, contando também com os seus DLCs.

O jogo fará parte da Edição Ultimate do Marvel’s Spiderman: Miles Morales, o qual terá Miles como o protagonista.

Marvel’s Spiderman não terá uma versão física, o game será apenas um código para download que virá na Edição Ultimate.

Marvel’s Spider-Man: Miles Morales chega em 12 de novembro

Continue Reading

e-Sports

Valorant | Rakin anuncia Copa Rakin by OMO Sports

O torneio contará com uma premiação no valor de R$ 20 mil.

Alexia Menezes

Published

on

copa rakin

Nesta segunda-feira (21) Rakin anunciou em seu twitter a Segunda Edição da Copa Rakin, em parceria com a OMO Sports. A competição está marcada para a primeira semana de Outubro, entre os dias 1 e 6 e poderá ser assistida pelo canal da Twitch do streamer e ex jogador. Além disso, a competição será aberta e o torneio contará com uma premiação no valor de R$ 20 mil.

“Vou trazer novidades sobre a competição todos os dias. Então fiquem atentos que vem muita coisa boa por aí!” confirmou Rafael ‘Rakin’ em seu twitter.

Mais informações como inscrições de equipe e formatos do torneio ainda não foram reveladas.

Continue Reading

e-Sports

Worlds 2020 | Relembre os times que representaram o Brasil no Mundial

Neste ano, o Brasil será representado lá fora pela INTZ mais uma vez.

Alexia Menezes

Published

on

O Mundial de League of Legends, o maior evento de League do mundo está chegando para mais um grande sucesso, e com ele, toda a sua bagagem vem junto. Desde a nova música tema do Worlds até a grande abertura de fazer qualquer jogador chorar, a vaga da campanha nacional é uma das mais impactantes para a comunidade. Já que, desde 2014, quando o Brasil passou a participar do Mundial, a campanha brasileira não tem um bom resultado internacionalmente e criou um estigma sobre a região aqui e lá fora.

KaBuM! – 2014

A KaBuM! foi o primeiro time brasileiro a chegar até o Mundial de League of Legends, que aconteceu em Singapura. Mas a diferença entre os níveis dos times internacionais para o dos ninjas alaranjados decretaram cinco derrotas seguidas, levando a KaBuM para o último jogo, já eliminada do torneio. Mesmo assim, eles não entregaram a toalha e venceram a Alliance, com ótimas jogadas do eterno Tinowns que nunca deixou a desejar e sua Ahri. O jogo serviu para bagunçar as chances dos outros times da fase de grupos, e favoreceu a Cloud9, que dependia do resultado para avançar aos playoffs, e ao vencer, gritaram “This is for Kabum” enquanto derrubavam o Nexus, marcando para a história a primeira campanha brasileira no Mundial.

paiN Gaming – 2015

Em 2015 foi a vez da clássica paiN, que venceu as classificatórias contra a equipe chilena KLG em 3 a 0 e pegou sua vaga para o Worlds, que aconteceria este ano em Paris.

A paiN começou sua campanha de uma forma complicada, falhando nos primeiros jogos. Mas um pequeno respiro aconteceu no Dia 4, onde a equipe triunfou em cima da Flash Wolves. No Dia 5, era a chance do Brasil, já que o jogo era novamente contra a Flash Wolves, que eles teriam ganho no jogo anterior. A esperança acabou, infelizmente, com péssimas decisões da paiN Gaming. Ainda sim, eles tinham mais dois jogos, um contra o time sul-coreano Koo Tigers, onde eles foram derrotados e tiveram a eliminação do Mundial confirmada, e o último jogo contra a CLG, que saíram vitoriosos graças ao brTT e seu Draven, que superou a Vayne do atirador Doublelift.

INTZ – 2016

A INTZ chegou ao Mundial de 2016, nos EUA, de forma “clean”, vencendo tudo com o “dreamteam” composto por Yang, Revolta, Tockers, Micao e Jockster. Os intrépidos caíram em uma das chaves mais difíceis, contra a campeã chinesa EDG e ninguém esperava mais que “experiência” para o time. Mas a revira(re)volta aconteceu e a INTZ superou um dos maiores jogos do Mundial da história. Infelizmente, a esperança durou pouco, e os intrépidos acabaram sendo eliminados com 5 derrotas seguidas logo depois.

Team oNe – 2017

Os Golden Boys saíram do Circuitão direto para Wuhan, na China, onde aconteceria o Mundial. Além da expectativa, a oNe ainda disputaria um formato inédito, já que neste ano, a Riot anunciou a Fase de Entrada, derrubando a IWC. Em sua estreia, os golden boys sofreram com 3 derrotas seguidas e precisavam de uma vitória para ter alguma chance, e foi contra a Dire Wolves que a oNe empatou e no próximo jogo, conseguiu a vitória mais uma vez contra a equipe Australiana e conquistou uma vaga nos playoffs da Fase de Entrada. Porém, na Fase Eliminatória, não durou muito tempo até a 1907 Fenerbahçe levar 3×1 contra o time brasileiro e eliminar a equipe de vez do Mundial.

KaBuM! – 2018

De volta ao Mundial, os ninjas alaranjados chegaram na Coreia do Sul e acabaram tendo a pior campanha internacional do Brasil. Com apenas uma vitória, a equipe foi eliminada ainda na Fase de Entrada.

Flamengo eSports – 2019

De volta a Europa, brTT agora representando seu time do coração, fez parte do primeiro time originado de um clube de futebol da história de League of Legends no Brasil a chegar no Mundial.

O Rubro-Negro não teve muita sorte e ficou no Grupo da Morte, com DAMWON Gaming e Royal Youth. A estreia foi ótima e o Flamengo saiu vitorioso no começo da campanha, então só precisava repetir o desempenho da estreia que se classificaria. Mas com mais uma derrota, o Flamengo tinha apenas uma chance, e infelizmente no tie-break, a Royal atropelou o Flamengo e eliminou a equipe brasileira do Mundial de 2019.

Já neste ano, o Brasil será representado lá fora pela INTZ mais uma vez e jogará na China, com estreia nesta sexta-feira (25) abrindo o Campeonato Mundial de League of Legends de 2020.

Continue Reading

Parceiros Editorias