Connect with us
x men x men

HQs

X-Men: Final Dawn of X traz a estréia de um deus vilanesco

Avatar

Published

on

AVISO: O artigo a seguir contém spoilers de Fallen Angels # 1 por Bryan Edward Hill, Szymon Kudranski e Frank D’armata, à venda quarta-feira, 13 de novembro.

Nesta semana, será lançado o Fallen Angels, a história em quadrinhos final da iniciativa de publicação Dawn of X, focada em X-Men, da Marvel. Até agora, recebemos novas edições de X-Men, Marauders, Excalibur, New Mutants e X-Force, com cada título entregando algo diferente para o novo status quo dos X-Men.

Os Anjos Caídos procuram seguir seus passos adotando uma abordagem diferente da nova sociedade de utopia dos X-Men em Krakoa. Os heróis sempre tiveram que lutar por sua própria sobrevivência, mas agora com uma nova soberania mutante estabelecida, um processo para literalmente enganar a morte e uma série de drogas farmacêuticas à sua disposição, os dias de uma nuvem escura pairando sobre os X-Men são há muito tempo.

No entanto, nem todo X-Man é tão confortável vivendo uma existência pacífica. Quando você é um assassino e um lutador a maior parte de sua vida, se aposentar em uma ilha para festejar e apreciar as coisas boas da vida não é uma proposta atraente.

É aqui que os Anjos Caídos entram – Psylocke, Kid Cable e X-23 se reunirão depois de se acharem inseguros de seu lugar em um novo mundo mutante. As coisas ficam ainda mais complicadas para Psylocke depois que ela e Betsy Braddock finalmente se separaram em uma das minisséries de Hunt For Wolverine. Kwannon agora está de volta em seu corpo asiático, com Betsy em seu corpo adequado para se tornar o novo capitão da Grã-Bretanha em Excalibur.

Obviamente, isso vai levar algum tempo para se acostumar com ambas as partes, e uma prévia de Fallen Angels # 1 mostra Psylocke meditando enquanto ela pondera se ela realmente se encaixa em Krakoa. Assim como parece, uma voz entra em sua mente para dar um grave aviso de uma nova ameaça no horizonte.

x men

A voz revela que o novo inimigo de Psylocke é Apoth, que é referido como um Deus. Cenas semelhantes a uma alucinação aparecem na tela pela equipe artística de Szymon Kudranski e Frank D’armata, enquanto Psylocke grita de dor.

Uma figura vestida é mostrada flutuando no ar, com sua identidade pertencendo à voz misteriosa ou ao vilão Apoth. “Eu sou verdade. E você não está sonhando”, diz a voz.

A voz então compara Apoth a um Tetragrammaton, que é o nome hebraico para Deus. Mais visões são exibidas na página, com um rosto enorme tirando a maior parte do foco de um bebê chorando e um arranha-céu da cidade caindo aos pedaços. É pedido a Psylocke que vá a Tóquio, com outra pista afirmando que Apoth já tomou algo precioso dela.

O restante de Fallen Angels # 1 deve ver Psylocke recrutar Cable e X-23 para ajudar em sua jornada para Tóquio. Afinal, se você vai matar um Deus, é melhor ter alguns assassinos treinados ao seu lado.

fonte: cbr

Fã de monstros gigantes a deuses antigos "That is not dead which can eternal lie, And with strange aeons even death may die."

Advertisement
Comments

HQs

Marvel Comics | Revelado a prévia de Empyre: X-Men #3

Preparem-se para uma grande luta nessa nova edição!

Jacqueline Cristina

Published

on

Há de se pensar que os acontecimentos de Empyre, não chegariam à nação mutante Krakoa, contudo, na ultima edição dos quadrinhos, o que o leitor presenciou foi uma séries de “grandes problemas” para os mutantes enfrentarem, começando pela Feiticeira Escarlate.

Quem se lembra dos inconvenientes causados pela heroína em Dinastia M? Pois bem, se o arrependimento matasse, creio que ela não teria feito o que fez atualmente, visto que como forma de redenção, a Feiticeira tentou ressuscitar os mutantes mortos na “fatalidade”, entretanto, acidentalmente, todos em Genosha foram transformados em zumbis.

Como uma ameaça é pouca, os mutantes precisam enfrentar também, os Cotati, raça alienígena que está invadindo a Terra, conforme os eventos de Empyre, chegando assim em Genosha.

Apesar da ameaça, Black Tom Casssidy, ex-vilão dos X-Men, que possui a capacidade de controlar plantas, gerou golens a partir da vegetação de Krakoa para proteger o país, entretanto, a nação mutante se alimenta de energia psíquica dos habitantes, além de que os golens estavam consumindo muito da ilha.

Logo, a general e mutante Magia, convocou todos os cidadãos de poderes psíquicos disponíveis para irem até o portal de Krakoa em Genosha para assim alimentar a ilha, o qual surpreendentemente surgem Quentin Quire, Lady Mental, Mestre Mental, as Cuckoos, Exodus, Sr. Sinistro, Selene e até o Rei das Sombras, para ajudar a salvar o dia.

Muitas surpresas ainda por vir no decorrer da saga Empyre, principalmente para os mutantes, que tiveram a prévia da sua próxima edição divulgada pela Marvel Comics. Confira as imagens de Empyre: X-Men #3:

Empyre: X-Men #3 chega esta quarta-feira nas lojas físicas e digitais dos EUA.

Continue Reading

HQs

Resenha | Amazônidas – Guardiões das Florestas

O quadrinho, baseado na mitologia indígena brasileira, é uma boa pedida de leitura atual.

Avatar

Published

on

A mitologia indígena é rica e vasta em histórias e deuses que poucos brasileiros conhecem. Inspirados nisso, a editora 137 Studio resolveu desenvolver um quadrinho para mostrar que nossos heróis são tão bons quanto qualquer um outro (ou até melhor).

O Cabana do Leitor decidiu dar uma provinha desse mundo para vocês em uma resenha sem spoilers. Estão preparados para os deuses Tupi?

O enredo conta a história da criação do mundo, como Tupã criou a Terra, os animais e os homens. Porém, o homem, por não conseguir encontrar a felicidade por si só criou a guerra. Enfurecido, Tupã levou a terra seus dois filhos (Jurupari e Yahu), para que pudessem ajudar a guiar as tribos.

Mesmo com o semblante de liderança, os irmãos eram muito diferentes um do outro, o que fez com que ressentimentos e angústias fossem sendo alimentados ao passar dos anos, até o dia enfático que Yahu se apaixonou e casou com uma mortal, e isso, no pensamento de Jurupari, seria “sujar” a linhagem dos deuses, tornando os irmãos agora rivais.

A história muda de protagonista assim que o filho de Yawira (a mortal) e Yahi nasce, o chamado Anhangá. Diferente de todos da aldeia, Anhangá nasceu com a pele tão branca que beirava ao azulado, e todos assumiram que a criança tinha nascido amaldiçoada, então o menino nasceu sofrendo represálias e sem amigos.

Anhangá acaba sendo expulso da tribo e se torna um grande guerreiro, além de ter um vasto conhecimento sobre os segredos e mistérios da floresta e seus animais. Porém, algo maligno se aproxima quando os espíritos do mal, buscando por vingança, aparecem na Terra. Será que Anhangá defenderá aqueles que o maltrataram? Será que o preconceito pelo diferente prevalecerá? Isso você descobrirá lendo a obra.

A equipe criativa conta com roteiro de Ademar Vieira/Yonami, ilustração do Thiago Vale, cores do Marcos Martins e Fábio Bandres, arte final do Emanuel Braga e letras de Yonami. O excelente trabalho do grupo torna a experiência bem imersiva. A riqueza de detalhes tanto nas cores, quanto no enredo do folclore amazônico deixam o gostinho de quero mais pairando sob o leitor.

Amazônida é uma boa pedida para amantes de quadrinhos e deuses mitológicos. A riqueza da mitologia indígena e a excelente condução da história fazem com que esta HQ seja indispensável na lista de leitura. Quadrinhos como este abrem um leque de representatividade para enredos que o próprio povo brasileiro já possui, tornando histórias corriqueiras de quadrinhos americanos um mais do mesmo.

Para conferir mais obras da editora é só clicar aqui que será encaminhado para o instagram oficial.

Continue Reading

HQs

Batman: Reis do Medo está disponível pela Panini

Editora Panini lança Batman: Reis do Medo no Brasil.

Avatar

Published

on

A Editora Panini lança a obra Batman: Reis do Medo. A publicação dá continuidade à saga do herói contra um dos grandes vilões de Gotham City, o Espantalho.

A equipe criativa é composta pelo roteirista Scott Peterson (Batman) e desenhista Kelley Jones (Batman, Monstro do Pântano). A estrutura do quadrinho será de mais de 150 páginas com papel LWC e capa cartão, pelo valor de R$ 59,90.

Confira a capa abaixo:

Sinopse

Após o Cavaleiro das Trevas vencer, mais uma vez, o Coringa e levá-lo preso, ele se depara com uma rebelião no Asilo Arkham, durante a qual o Espantalho consegue fugir e leva consigo um funcionário como refém. Diante disso, o Homem-Morcego necessita encontrar o melhor plano para resgatar a vítima que está em poder do vilão.

Mas nem tudo sai como o planejado e Batman inala o gás do medo que o faz relembrar diversas situações perigosas que outros grandes vilões já causaram em Gotham City e, pior, o faz sentir-se culpado por cada uma delas. Como se já não bastasse a confusão mental do herói, o Espantalho também faz com que o Batman consiga ver um pouco mais sobre os criminosos cotra os quais já lutou e ter uma visão de como poderia ser a vida de cada um deles, se não existisse o Cavaleiro das Trevas.

Batman: Reis do Medo já está disponível na loja oficial da Panini e nas bancas. Para obter a sua edição é só clicar aqui.

Continue Reading

Parceiros Editorias