Connect with us

cinema

Johnny Depp falou para a Warner não colocar Amber Heard em Aquaman

Depp também e acusado de tentar convencer Tsujihara a cortar Heard de filmes da Warner Bros.

Edi

Published

on

O impasse de US $ 30 milhões de Johnny Depp com seu ex-advogado acaba de envolver o ex-chefe da Warner Bros, Kevin Tsujihara, a ex-mulher de Depp, Amber Heard, e alguns dos principais advogados de Hollywood.

Com uma data de julgamento para setembro entre a estrela de Piratas do Caribe e seu ex-advogado, Tsujihara e Heard foram chamados a prestar esclarecimentos.

Depp também e acusado de tentar convencer Tsujihara a cortar Heard de filmes da Warner Bros – um esforço que foi claramente mal sucedido como ela se tornou uma parte do universo baseado em DC Comics.

Tsujihara demitiu-se de seu cargo em 18 de março, na esteira de alegações de má conduta contra ele, que o estúdio da AT&T estava investigando pela terceira vez.

Na esteira deste novo problema para Depp, antes informamos que executivas da Warner estavam querendo que o ator abandonasse a franquia Animais Fantásticos.

O que acham sobre isso?

Comments